210629ato_procempa_DESTAQUE

Ato dos trabalhadores da PROCEMPA marca mais de 30 dias de GREVE e exige proposta

0 82
image_pdfimage_print

 

Mobilização em frente à empresa contou com apoio de vereadores. Categoria chega ao 34º dia de GREVE enfrentando a forte intransigência do Governo Melo em negociar os 23% de perda salarial que os trabalhadores acumulam nesses últimos 5 anos sem reposição da inflação.

Mais de 50 trabalhadores em GREVE da PROCEMPA estiveram presentes no ato realizado na tarde dessa 3ª feira (29/06), marcada por muito frio em Porto Alegre (RS). Com faixas, cartazes, vuvuzelas de mão e o carro de som do Sindppd/RS, fizeram barulho para marcar os 34 dias da paralisação completados ontem e exigir negociação com a direção da empresa e a prefeitura.

A atividade também contou com a participação dos vereadores Pedro Ruas e Matheus Gomes (PSOL), e ainda Jonas Reis (PT), que foram ao local manifestar apoio à GREVE dos trabalhadores. O vereador Leonel Radde (PT), parceiro na defesa da PROCEMPA, não pôde estar presente, mas registrou seu apoio.

 

 

GOVERNO SEM DIÁLOGO COM OS TRABALHADORES

O Governo Melo segue intransigente e sem diálogo com os trabalhadores. Desde que a campanha salarial iniciou em Maio, a direção da PROCEMPA e a prefeitura se reuniram com os trabalhadores para, apenas, negar qualquer reivindicação econômica. Com a deflagração da GREVE ocorreram alguns encontros, mas só para dizer NÃO.

Ontem à tarde, os trabalhadores tiveram outra reunião com o vice-presidente do Conselho de Administração, Antonio Ramos, que foi indicado pelo prefeito para recebê-los junto com a Comissão de Negociação da empresa, mas não foi apresentada proposta. Na mediação dessa 4ª feira de manhã (30/09) no TRT (Tribunal Regional do Trabalho), a procuradora da PROCEMPA, Viviana Sá, e os dois diretores, Marco Seadi e Debora Roesler, não tinham fatos novos para apresentar, e o negociador indicado pelo prefeito não se fez presente (segundo a informação da empresa, devido ao atraso do início da reunião). Por conta deste fato, o desembargador Francisco Rossal marcou nova mediação para às 9h desta 5ª feira (1º/07), a fim de Antonio Ramos possa estar e que a empresa traga alguma proposta para a solução do impasse.

O prefeito Melo e seu governo, que se autodivulgam como o “governo do diálogo”, NÃO QUEREM DIALOGAR E NEGOCIAR AS PERDAS SALARIAIS DOS TRABALHADORES, QUE ESTÃO HÁ 5 ANOS SEM TER A REPOSIÇÃO DA INFLAÇÃO. Para eles, só vale o diálogo que lhes convêm e que beneficia quem eles representam. Hoje mesmo, por exemplo, o prefeito anunciou o reajuste da passagem de ônibus de Porto Alegre porque os empresários precisam repor o aumento da inflação, senão terão que tirar dinheiro do próprio bolso, acumulando perdas. Já para o prefeito, os trabalhadores, como nós da PROCEMPA, não precisam ter reposição salarial.

O Governo Melo, que se diz do diálogo, inclusive quer usar da ilegalidade cortando benefícios e salários e contratando empresa terceirizada para quebrar a GREVE. Porém, os trabalhadores continuam firmes e fortes na luta por seus direitos, seus empregos e em defesa da PROCEMPA PÚBLICA!

Aos colegas que não estão na GREVE, lembramos que o Governo Melo e a direção da empresa não levaram em conta todo nosso empenho, dedicação e trabalho quando passaram o PLE 003/2021 na Câmara de Vereadores para desmontar a PROCEMPA. Pelo contrário: já fomos criticados injustamente e tachados de incompetentes pelo prefeito em suas entrevistas na mídia.

A luta de quem se importa pela PROCEMPA e pelos nossos direitos é aqui fora, colegas! Neste momento, cada um e cada uma faz a diferença aqui na GREVE e não dentro da empresa!

 

 

 

Fotos do ato em frente à PROCEMPA nessa 3ª feira (29/06):

WhatsApp Image 2021-06-30 at 10.58.12WhatsApp Image 2021-06-30 at 10.58.13(1)

WhatsApp Image 2021-06-30 at 10.58.15WhatsApp Image 2021-06-30 at 10.57.44

WhatsApp Image 2021-06-30 at 10.57.45WhatsApp Image 2021-06-30 at 10.57.43

 

 

À luta, que é justa!

 

Sindppd/RS

 

sindppd

Ver todos os artigos de sindppd

Similar articles

A seção de comentários no site do Sindppd/RS quer incentivar o debate entre os trabalhadores de TI e o sindicato. Também é um canal de denúncias e informações. Portanto, NÃO SERÃO publicados comentários pornográficos, ofensivos a pessoas ou entidades e nem discriminatórios (racistas, homofóbicos, de gênero ou de classe); que contenham publicidade ou palavras de baixo calão; e nem comentários que façam afirmações caluniosas ou difamatórias, sem terem provas sobre o que está sendo dito. SOMENTE serão publicados comentários com endereços de emails válidos, os quais não serão divulgados.

Faça um comentário

Seu email não será publicado. *

Visite-nos

Rua Washington Luiz, 186 - Bairro Centro - Porto Alegre - RS - CEP 90010-460

Telefones do Sindppd/RS:
Geral - (0xx51) 3213-6100
Secretaria - (0xx51) 3213-6121/ 3213-6122
Tesouraria - (0xx51) 3213-6117

E-mail: secretariageral@sindppd-rs.org.br