SETOR PRIVADO – Sindppd/RS suspende homologações de trabalhadores da RBS

1 522

 

Desde a semana passada, o Sindppd/RS não está realizando as homologações de rescisões dos contratos de trabalho do setor de TI (Tecnologia da Informação) da empresa de comunicação RBS. Segundo notícias, a empresa já demitiu cerca de 25 funcionários da TI em um curtíssimo período de tempo, caracterizando um processo de demissão em massa e não negociando com o Sindppd/RS sobre o assunto.

 

CLIQUE AQUI e veja o ofício enviado à RBS, no qual o Sindppd/RS notifica a empresa sobre a suspensão das demissões em massa

 

O sindicato tomou conhecimento das demissões ao cruzar informações do sistema de homologações informatizado, no qual a empresa tinha dois logins: um pelo jornal Zero Hora e outro pela RBS.

Suspender as homologações foi a medida encontrada pelo Sindppd/RS para pressionar a empresa a dar explicações sobre essas demissões e, caso elas não possam ser revertidas, negociar condições compensatórias aos trabalhadores demitidos, como versam convenções da OIT (Organização Internacional do Trabalho) e decisões do Poder Judiciário.

Em resposta ao ofício, a RBS marcou uma reunião para esta quinta-feira (21/05), às 11h, para tratar do assunto.

Importante destacar que existem precedentes em nossa própria categoria, como a situação dos trabalhadores do TERRA na qual a tese do Sindppd/RS está prosperando, ou seja, os trabalhadores representados pela entidade são alcançados por benefícios superiores àqueles que foram concedidos inicialmente pela empresa.

 

Trabalhador de TI da RBS: caso tenhas sido desligado nesse processo recente de demissão em massa, entre em contato com a secretaria do Sindppd/RS para se informar sobre seus direitos, deixar os seus contatos e acompanhar os desdobramentos das medidas tomadas pelo sindicato.

 

Um alerta importante: no caso específico dos trabalhadores de TI da RBS, a suspensão das homologações se deu porque a demissão coletiva da empresa foi irregular e, portanto, o sindicato fica respaldado para tomar essa decisão. No caso da hipótese de barrar as homologações como uma das medidas a serem adotadas na Campanha Salarial em andamento, reiteramos que esta alternativa somente pode ser adotada com duas situações concomitantes: a) a proposta sendo encaminhada e aprovada em assembleia da categoria; E b) estando em curso a greve dos trabalhadores na categoria de conjunto ou em determinado grupo de empresas, nas quais seria implementada a suspensão das homologações.

 
Sindppd/RS

sindppd

Ver todos os artigos de sindppd

A seção de comentários no site do Sindppd/RS quer incentivar o debate entre os trabalhadores de TI e o sindicato. Também é um canal de denúncias e informações. Portanto, NÃO SERÃO publicados comentários pornográficos, ofensivos a pessoas ou entidades e nem discriminatórios (racistas, homofóbicos, de gênero ou de classe); que contenham publicidade ou palavras de baixo calão; e nem comentários que façam afirmações caluniosas ou difamatórias, sem terem provas sobre o que está sendo dito. SOMENTE serão publicados comentários com endereços de emails válidos, os quais não serão divulgados.

1 comentário

  1. Desenvolvedor 20 maio, 2015 - 9:47 à 9:47

    Já passei por isso. Fui demitido (juntamente com mais ou menos 60 profissionais) em 12/12/12 e foram trancadas as homologações da empresa Terra. Quem saiu perdendo? O funcionário, pois não pode encaminhar o recebimento do seguro desemprego.
    Aí, depois o sindicato entra na justiça, e ficamos sem saber nada do que ocorre no processo. Faz mais de um ano (Janeiro/14) nos chamaram para dizer que ganhamos em primeira instância um valor x de indenização. O prazo de recurso era até meados de Fevereiro (2014). Bem, de lá para cá, nada, nenhuma informação.

Faça um comentário

Seu email não será publicado. *

Visite-nos

Rua Washington Luiz, 186 - Bairro Centro - Porto Alegre - RS - CEP 90010-460

Telefones do Sindppd/RS:
Geral - (0xx51) 3213-6100
Secretaria - (0xx51) 3213-6121/ 3213-6122
Tesouraria - (0xx51) 3213-6117

E-mail: [email protected]