SETOR PRIVADO – Banco de Horas ilegal da GVDASA é denunciado na SRTE (Ministério do Trabalho e Emprego)

20 2499

 

O Sindppd/RS denunciou à SRTE (Superintendência Regional do Trabalho e Emprego, ligada ao Ministério do Trabalho e Emprego) as ilegalidades que envolvem o  sistema de compensação de horas instituído pela GVDASA Informática. A denúncia contra a empresa de TI de São Leopoldo (RS), no Vale dos Sinos, foi protocolada pelo sindicato no dia 22 de Dezembro.

 
CLIQUE AQUI para ver o documento

 
A GVDASA instituiu irregularmente um sistema de compensação de horas. Nele, estava previsto que após o banco acumular 100 horas, estas seriam pagas aos trabalhadores. No entanto, o pagamento não foi efetuado. O Sindppd/RS obteve a informação de que os funcionários da empresa estão sendo submetidos a um elevado número de horas de trabalho, sendo que as excedentes à jornada regular são colocadas neste banco, que não é pago. Inclusive, em muitas vezes os trabalhadores acabam excedendo o número limite de horas extras que pode ser feito segundo a legislação trabalhista.

Além disso, a empresa descumpre a legislação e a cláusula 42 da Convenção Coletiva de Trabalho do Setor Privado, que determina que a implementação de um sistema de compensação de horas deve resultar de acordo entre os empregados e a empresa. Após ser acordado entre eles, o sistema precisa ser submetido a pareceres pelos dois sindicatos das partes envolvidas: o Sindppd/RS e o SEPRORGS.

Esse sistema da GVDASA não passou pelo sindicato dos trabalhadores da TI e tampouco foi negociado com os funcionários da empresa.

Ao fazer a denúncia, o Sindppd/RS requere que a SRTE fiscalize e, comprovando a ilegalidade, autue a empresa a fim de corrigir as irregularidades e restaurar os direitos dos funcionários da empresa.

 
Colega do SETOR PRIVADO de TI: a CCT (está na seção “Acordos e Convenções – Particulares” do site) são os teus direitos e eles devem ser respeitados pelo empregador. Caso a tua empresa esteja descumprindo, denuncie ao sindicato pelo e-mail [email protected], deixando teu nome completo, nome da empresa/ razão social e algum telefone de contato. Todas as informações repassadas ao sindicato são de SIGILO ABSOLUTO e não serão expostos.

 

Faça valer os teus direitos. Denuncie ao sindicato!

 

 

Sindppd/RS

sindppd

Ver todos os artigos de sindppd

A seção de comentários no site do Sindppd/RS quer incentivar o debate entre os trabalhadores de TI e o sindicato. Também é um canal de denúncias e informações. Portanto, NÃO SERÃO publicados comentários pornográficos, ofensivos a pessoas ou entidades e nem discriminatórios (racistas, homofóbicos, de gênero ou de classe); que contenham publicidade ou palavras de baixo calão; e nem comentários que façam afirmações caluniosas ou difamatórias, sem terem provas sobre o que está sendo dito. SOMENTE serão publicados comentários com endereços de emails válidos, os quais não serão divulgados.

20 Comentários

  1. João 24 dezembro, 2015 - 12:12 à 12:12

    Se começarem a investigar todas as empresas aposto que 90% tem irregularidades como essa.

  2. Técnico 30 dezembro, 2015 - 18:29 à 18:29

    Tem muita empresa dentro do Polo de informática da Unisinos que faz isso, dá pra listar no mínimo umas 5.

  3. Apenas mais um 6 janeiro, 2016 - 13:41 à 13:41

    Aproveitando RH mais desumano e debojado nunca tinha visto. A gerente do RH mantém a diretora em uma bolha sem contato com os colaboradores, segundo ela para não expor, mas na verdade é para ela ver e ter contato as atrocidades que a gerente faz. Essa é bem boa faz cada contratação.

  4. Verdade 7 janeiro, 2016 - 19:57 à 19:57

    Ficaremos acompanhando!

  5. Top Ser Humano 7 janeiro, 2016 - 20:10 à 20:10

    Isso é ser TOP SER HUMANO? Não precisa ser nenhum gênio para saber que uma empresa que prospera e que tem seus pilares sólidos, são aquelas que valorizam seu capital humano, seja com iniciativas de bem estar como também atitudes transparentes e de acordo com a legislação. É uma ingenuidade ou maldade por parte dos gestores, imaginar que atitudes desonestas e arbitrárias a legislação, poderiam permanecer obscuras por muito tempo.

    #ficadica e regularize muitas outras situações que ainda permanecem de contra a maré com a legislação do trabalho.

  6. Vera 8 janeiro, 2016 - 13:59 à 13:59

    Com 100% de certeza temos muito mais irregularidades do que esta, infelizmente, poucas vem a tona. Só quem trabalha nesta empresa sabe o quanto somos passados pra trás. Tudo que é possível a empresa tira proveito.
    Até proibiram os fumantes de fumar seus cigarros diários e removeram os bancos da empresa alegando excesso de lazer dos funcionários.

  7. Juliano 11 janeiro, 2016 - 13:36 à 13:36

    Triste ver esse descaso com o funcionário que se doa…

  8. Brásiu 12 janeiro, 2016 - 15:15 à 15:15

    Como sendo o bom e velho brasil teremos vários meses para ter algum resultado aparente desta “investigação” e como certamente Fulano é amigo de Ciclano e deve um favor a Beltrano, tudo vai acabar em nada..

  9. Lager 12 janeiro, 2016 - 16:05 à 16:05

    A direção da GVDASA é péssima, age por impulso e quase sempre tomam decisões erradas.
    Isso se reflete diretamente na maneira de cada gestor conduzir seu departamento.
    São refens das metas;
    Existe um favoritismo muito forte;
    Gestores antipáticos e retraídos;
    Não sabem definir valores;
    Promessas não cumpridas aos montes;
    Gestores que se dizem estar sempre certos;
    Não existe feedback adequado.

  10. HUMANAS – 13 janeiro, 2016 - 1:07 à 1:07

    Só aparências, tudo, mas tudo o que RH faz é apenas para mídia para ganhar premiações apresentando fotos e resenhas, gostaria que as premiações fossem pesquisas de satisfação. Exemplo as frutas começaram mas já pensando que logo ninguém mais fosse querer, então, o que aconteceu, dele BANANA. Fizeram fotos? Postaram na fanpage? Que pré conceito com as bananas dona gerente de RH. Sem contar que trocava o dia da fruta e não deixa disparar email para galera do segundo andar. Galera que trabalhou com ela no RH gente muito do BEM porque 80% das atitudes dela é assédio. Dona Vera ta na hora da senhora rever seus conceitos e fazer uma varredura nos seus soldadinhos de chumbos que estão afundado a sua empresa.

  11. Fernanda 13 janeiro, 2016 - 17:45 à 17:45

    Muito bom saber que alguem teve coragem de agir, uma pena que isso não vai dar em nada como sempre, porque ta todo mundo tranquilo como se nada tivesse acontecido por aqui. E os funcionários tendo que se sujeitar as exigências ilegais que essa empresa faz.

  12. Greite Pleice Tu Uorque 14 janeiro, 2016 - 9:02 à 9:02

    Parece que eles tem algum problema com bancos. Em todos os sentidos.

  13. Joana Banana 14 janeiro, 2016 - 10:54 à 10:54

    Esta é apenas uma das irregularidades da empresa. Os gerentes não tem capacidade alguma de gerenciar pessoas, a começar pela própria gerente do Desenvolvimento Humano e Organizacional, que deveria dar o exemplo. Nunca vi pessoa mais desumana e hipócrita, antiética. Tiram até os direitos dos trabalhadores peões de poderem se sentar nos bancos e fazerem seu lanche em paz. Mas isso não faz bem pra GV. Engravidar também não faz bem pra empresa. Adoecer é proibido. Gestores tapam os problemas com a peneira pra não deixarem a diretora Vera saber dos podres que rolam. Deprimente.
    E o dia da fruta? pra inglês ver.

  14. Srta Sincera 15 janeiro, 2016 - 12:57 à 12:57

    No Carnaval 2015 eu fui forçada a folgar na segunda e terça e ter minhas horas descontadas do banco. Mesmo que esses dias não fossem feriados e eu estrando disponível para trabalhar. E para recuperar era obrigado a trabalhar mais que as 8:45 por dia, mesmo eu não podendo, sob ameaça de desconto na folha na virada do semestre.

  15. Melhor empresa para trabalhar, será mesmo? 17 janeiro, 2016 - 22:15 à 22:15

    Enquanto algumas empresas ganhadoras do GREAT PLACE TO WORK procuram trazer colaboradores e proporcionar um lugar legal para trabalhar a GVDASA faz o contrário.

  16. Empregado infeliz agora feliz 20 janeiro, 2016 - 14:48 à 14:48

    Eu fui contratado pela GVDASA em 2012 e na epoca fizeram a maior propaganda. Que a empresa era a melhor empresa para se trabalhar, tinha cozinha, mesa de sinuca e varias outras regalias. Depois que aceitei entrar na empresa as regalias duraram 2 meses. Que foi quando eles fecharam a cozinha, tiraram a mesa de sinuca e todas as outras regalias que tinhamos. Muitos de nos eramos acostumado a almocar na empresa. E depois que a cozinha fechou, a empresa deu 15 reais para almocarmos num lugar que um prato de comida custava 20. Ao passar dos tempos vi a empresa decair demais e se preocupar com coisas inuteis ao inves de focar no bem estar dos funcionarios e no produto. Eu perdi as contas de quanta vezes tive que trabalhar 12 horas por dia. Mas isso tudo e passado. Hoje trabalho numa empresa que realmente valoriza o funcionario. Estou feliz.

  17. Batman & Robin 20 janeiro, 2016 - 15:41 à 15:41

    Por todos os anos vi duas pessoas dentro da empresa fazendo coisas. Alguns saberao do que estou falando. E do Batman e o Robin. Eles saiam durante a tarde para ir pra Bat caverna fazer coisas que ninguem sabia, mas suspeitavam.
    Eu acho isso uma completa falta de respeito com os funcionarios. O Batman nao sabe gerenciar uma empresa, a ponto de atrasar o projeto em 1 ano. Pior empresa para se trabalhar. Todo dia tenho que passar por essa tortura pois como estou a bastante tempo na empresa, nao posso sair, se nao eu perco os meus direitos. Indignado. Espero que algo seja feito.

  18. 8:75 versos 1:15 2 fevereiro, 2016 - 15:59 à 15:59

    Depois da denúncia os gestores começaram a cobrar dos funcionários que os mesmos cumpram as 8:75 de trabalho e os intervalos de almoços, o que houve, agora deram para ser corretos? Opa isso não ganha prêmios nem torna a melhor empresa para se trabalhar, deve ser porquê acham um absurdo os funcionários receberem por horas extras, trabalhar é normal, mas receber para que né, vamos enriquecer os donos das empresa e os funcionários que se lixe. Nunca mais ganhará nenhum prêmio a não ser os que denunciamos como pior empresa para se trabalhar.

  19. Gilmar – Vou ter que chutar alguém.. 19 fevereiro, 2016 - 15:56 à 15:56

    NO MEU TEMPO SE PAGAVA TUDO CERTO, VOU TER QUE ASSUMIR DE MOVO O COMANDO E CHUTA UNS SABONETES QUE TEM NA MINHA EMPRESA. CHEGA DE CHEFE BURRO, QUERO GESTOR DE VERDADE.

  20. Mestre Diou 21 setembro, 2016 - 16:44 à 16:44

    A grande GV não cumpre a CCT, não paga o piso salarial definido na CCT. Gestores que não sabem gerir. Empresa com grande potencial, porém carente de recursos humanos.

Faça um comentário

Seu email não será publicado. *

Visite-nos

Rua Washington Luiz, 186 - Bairro Centro - Porto Alegre - RS - CEP 90010-460

Telefones do Sindppd/RS:
Geral - (0xx51) 3213-6100
Secretaria - (0xx51) 3213-6121/ 3213-6122
Tesouraria - (0xx51) 3213-6117

E-mail: [email protected]