Setor Privado: Convenção Coletiva 2022/2023 está assinada. Mais uma vez, empresários se negaram a apresentar avanços

25 6751
image_pdfimage_print


Todas as cláusulas econômicas, nas quais estão incluídos os salários e benefícios, já devem vir reajustadas na folha de pagamento de Janeiro/2023 (paga até o 5° dia útil de Fevereiro/2023). As empresas também são obrigadas a pagar junto os valores retroativos à data-base 1° de Novembro de 2022 SEM QUALQUER TIPO DE PARCELAMENTO.

CLIQUE AQUI para acessar a CCT 2022/2023 assinada pelos dois sindicatos, Sindppd/RS e SEPRORGS, a qual já está em vigor e deve ser respeitada pelas empresas de TI no RS

Caso a empresa em que trabalha descumpra a CCT 2022/2023 (Convenção Coletiva de Trabalho) ou se tiver dúvida, entre em contato com o sindicato pelos e-mails secretariageral@sindppd-rs.org.br OU secretariageral2@sindppd-rs.org.br. Atendemos ainda pelo telefone (51) 3213-6100.


COMO FICOU DEFINIDA A NEGOCIAÇÃO DA CAMPANHA SALARIAL 2022/2023

O Sindppd/RS pressionou o SEPRORGS a avançar na pauta de reivindicações dos trabalhadores e das trabalhadoras na TI do Rio Grande do Sul, especialmente em ganhos econômicos para além do INPC registrado para o período (6,46%), que foi bastante abaixo da inflação em quase todo o ano de 2022, e na redução da jornada para 40h semanais. No entanto, o sindicato dos empresários se colocou intransigente desde a primeira negociação e quis, a todo custo, impor sua contrapauta, que retirava vários direitos já conquistados pela categoria aqui no estado. Mais uma vez, a intransigência, junto com a peculiar posição retrógrada do SEPRORGS, impediu a possibilidade do conjunto da categoria ter a garantia das 40h semanais.

Sem perspectiva de conseguir furar essa barreira do SEPRORGS e ciente da necessidade urgente dos trabalhadores e das trabalhadoras em repor perdas salariais e nos benefícios, o Sindppd/RS propôs, no final de dezembro, fechar a Campanha Salarial 2022/2023 com:


1) Reajuste Salarial e dos benefícios pelo INPC (6,46%). Segue vigente a tabela de proporcionalidade para quem foi admitido após novembro/2021, confira na cláusula 4 da CCT 2022/2023;

2) Pagamento de todos os retroativos à data-base 1°/11/2022;

3) Manutenção dos demais direitos contidos na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT)



O SEPRORGS ainda considerou NÃO aceitar esta proposta MÍNIMA e só desistiu de querer trocar o INPC por perda de cláusulas da CCT quando a representação do Sindppd/RS propôs levar a questão para conciliação na Justiça do Trabalho caso rejeitasse a oferta. Essa proposta do Sindppd/RS foi referendada pelos trabalhadores e pelas trabalhadoras em assembleia virtual realizada em 22 de Dezembro.

A CCT 2022/2023 está assinada pelos dois sindicatos, Sindppd/RS e SEPRORGS, podendo ser conferida AQUI. Hoje mesmo iremos iniciar o processo de registro junto ao Ministério do Trabalho e Emprego. Assim que estiver registrada, divulgaremos no site e nas redes sociais.

Chamamos todos e todas as colegas da TI a, desde já, nos mobilizarmos para a próxima Campanha Salarial em novembro deste ano. Precisamos nos unir e começarmos forte uma campanha pelas 40h semanais. Só com muita pressão conseguiremos avançar!

Se a empresa em que trabalha descumprir com a CCT 2022/2023, denuncie ao sindicato. A Convenção Coletiva e as leis trabalhistas são direitos nossos, conquistados com luta nossa, e portanto devemos fazer valer!

Se você trabalha em empresa com jornada acima de 40h semanais, informe ao sindicato pelos e-mails e telefone acima informados, que faremos um convite para que a mesma abra negociação sobre o tema.



Sindppd/RS


sindppd

Ver todos os artigos de sindppd

Similar articles

A seção de comentários no site do Sindppd/RS quer incentivar o debate entre os trabalhadores de TI e o sindicato. Também é um canal de denúncias e informações. Portanto, NÃO SERÃO publicados comentários pornográficos, ofensivos a pessoas ou entidades e nem discriminatórios (racistas, homofóbicos, de gênero ou de classe); que contenham publicidade ou palavras de baixo calão; e nem comentários que façam afirmações caluniosas ou difamatórias, sem terem provas sobre o que está sendo dito. SOMENTE serão publicados comentários com endereços de emails válidos, os quais não serão divulgados.

25 Comentários

  1. Rodrigo 28 dezembro, 2022 - 19:52 à 19:52

    Ao apagar das luzes de 2022, concessão da inflação do período maquiada pelas manobras políticas do atual governo de 5°.
    Absolutamente, nenhum alteração na CCT a não ser a reposição salarial sem ganho real.
    Qual foi a estratégia da entidade para essa convenção ser fechada em tempo recorde? Garantir as migalhas do patronal e fazer com que eles continuem a explorar a mão de obra barata da TI?
    Esperava mais empenho e força do sindicato.

  2. Werikson 2 janeiro, 2023 - 12:46 à 12:46

    É uma vergonha esse reajuste!

  3. TI 2 janeiro, 2023 - 13:41 à 13:41

    Por favor, homologuem logo no minstério do trabalho, pois algumas empresas não pagam sem estar homologado devidamente.

  4. Marcelo 2 janeiro, 2023 - 21:26 à 21:26

    Se o sindicato se preocupasse mais em lugar pelos direitos dos trabalhadores, e entrasse diretamente com pedido do ministério do trabalho desde o primeiro momento, mas prefere fazer postagem no twitter falando TODES, dai voces ja sabem o resto.

    • sindppd 4 janeiro, 2023 - 14:30 à 14:30

      Marcelo,

      A base da construção da Convenção Coletiva é a negociação entre as partes. Não existe a possibilidade legal de começar uma campanha salarial encaminhando ao judiciário para que o mesmo decida, não existe previsão legal para isso. As duas únicas possibilidades de que o judiciário decida é em caso de greve da categoria ou comum acordo entre o sindicato dos trabalhadores e o sindicato dos empresários (o que o SEPRORGS não cogita).

      Existe a possibilidade de solicitar a mediação do Tribunal Regional do Trabalho, mas o mesmo não tem poder de decidir em sede de mediação, somente busca conciliar as vontades das partes, isto é, no limite teríamos um acordo com o INPC integral, como foi o que conseguimos ao dizer que iríamos buscar a mediação.

      Sobre o todos, todas e todes que utilizamos ao nos dirigirmos à categoria, tem um sentido de respeito aos colegas homossexuais, transgêneros, travestis que, queira ou não, existem no nosso país e na nossa categoria. O respeito a todas as pessoas é a base da convivência em coletividade.

      Att. Sindppd/RS

  5. Cesar 4 janeiro, 2023 - 1:34 à 1:34

    Nao entendi uma coisa… Na CTT 2022/2023 está que o adicional noturno será de 40% ??? Reduziu ou foi um erro de digitacao ?? Se reduziu, foi uma PUTA derrota hein !

  6. Marcelo 6 janeiro, 2023 - 9:47 à 9:47

    Bom dia,
    Gostaria de saber se o pagamento retroativo também serve para o auxilio alimentação.

    • sindppd 6 janeiro, 2023 - 10:53 à 10:53

      Bom dia, Marcelo.

      Sim, o reajuste é para os salários e todas as demais cláusulas econômicas, nas quais está incluído o auxílio alimentação.

      Att. Sindppd/RS

  7. Dev 6 janeiro, 2023 - 16:19 à 16:19

    Quem saiu da empresa até o mês de agosto/2022 tem direito aos retroativos?

  8. Pedro 6 janeiro, 2023 - 19:55 à 19:55

    Tanto tempo para um reajuste de 6% que não cobre direito a inflação.
    O mínimo aceitável seria de 10%.
    Por isso não contribuo com esse sindicato, uma vergonha para os trabalhadores.

    • sindppd 13 janeiro, 2023 - 17:15 à 17:15

      Não recebemos antes o reajuste do INPC porque nem isso os empresários da TI, o SEPRORGS, queria pagar. Não precisa contribuir neste momento, mas participe das assembleias e venha para a luta para pressionar o SEPRORGS a avançar, colega, pois apenas com mobilização forte a categoria da TI gaúcha vai conseguir ter ganhos com esses empresários retrógrados e que apenas pensam nos seus lucros. Com belas palavras nas mesas de negociação, não temos conseguido muita coisa.

      Precisamos de mobilização, e muita!

      Sindppd/RS

  9. Nati 8 janeiro, 2023 - 16:41 à 16:41

    Gostaria de saber como fica a rescisão complementar de colaboradores que saíram da empresa em novembro/2022 (mês que estava sendo discutida a convenção coletiva de 2023). Muito obrigada.

  10. luiz 10 janeiro, 2023 - 12:03 à 12:03

    Bom dia! Fui demitido em 12/12/22 e recebi minha rescisão em 20/12/22. Eu tenho direito a solicitar uma rescisão complementar com o percentual de reajuste do dissidio?

  11. Dark cloud 11 janeiro, 2023 - 14:12 à 14:12

    Me parece que o sindicato tá é tentando sempre receber um por fora aqui no RS do empresariado, porque conseguiu alguma coisa mesmo, não consegue, devemos ser o estado com menos avanços do país.

    Se vocês querem mesmo algo entre direto no ministério do trabalho

    • sindppd 13 janeiro, 2023 - 17:10 à 17:10

      Prezado,

      Primeiro, o Ministério do Trabalho não tem NADA A VER com as Campanhas Salariais e negociações. Tu realmente acompanhas as campanhas salariais ou apenas está de passagem para falar mal e coisas sem nexo?

      Como apostamos e consideramos o diálogo com os colegas algo fundamental, estamos aqui nos esforçando em responder teu comentário. O RS, com certeza, não é o estado com menos avanços no Brasil, mas sim, é um dos estados em que o setor da TI é pujante e que ainda pratica a jornada de 40h semanais. Há mais de 10 anos pressionamos para que o SEPRORGS, sindicato dos empresários da TI no RS, negocie a redução da jornada nem que seja de forma escalonada, mas não aceitam. Só querem saber de tirar direitos da Convenção Coletiva e ainda fazem dramalhão para repassar o INPC para os salários e os benefícios.

      O sindicato realmente não consegue quase nada sozinho, precisa do apoio dos colegas e da mobilização da categoria para pressionar MUITO por avanços.

      Te convidamos a participar das assembleias, especialmente as da campanha salarial, para debatermos e construirmos nossa luta!

      Comunicação Sindppd/RS

  12. Paulo 23 janeiro, 2023 - 15:37 à 15:37

    Olá! Muitas empresas de tecnologia sequer ainda se pronunciaram ou sinalizaram sobre a incorporação dos 6.46% no salário dos colaboradores.

    Somente para entendimento, esta demora é por conta da homologação do acordo no Ministério do Trabalho?

    Qual o prazo para esta homologação?

  13. Jorge 24 janeiro, 2023 - 15:32 à 15:32

    Não foi uma negociação boa, mas também sabemos que em outros anos o SEPRORGS levava até 10 meses para fazer a negociação salarial pelos mesmos índices básicos.

    A legislação deveria ser modificada para se tornar automática a reposição da inflação em salários e benefícios. Fechou a data-base, a reposição imediata seria feita. Os sindicatos trabalhariam apenas para buscar o ganho real e melhores condições de trabalho e amparo.

    Então, conseguir o básico, só que rápido, não foi de um todo ruim no momento atual do país.

  14. Daniel 26 janeiro, 2023 - 11:37 à 11:37

    Triste, a empresa alegou que a homologação ocorreu após fechamento da folha e só será pago na folha de fevereiro.

Faça um comentário

Seu email não será publicado. *

Visite-nos

Rua Washington Luiz, 186 - Bairro Centro - Porto Alegre - RS - CEP 90010-460

Telefones do Sindppd/RS:
Geral - (0xx51) 3213-6100
Secretaria - (0xx51) 3213-6121/ 3213-6122
Tesouraria - (0xx51) 3213-6117

E-mail: secretariageral@sindppd-rs.org.br