SERPRO – Campanha Salarial SERPRO 2022/2024: assembleia nacional de mobilização unificada foi grande e prepara GREVE se a empresa continuar a negar os direitos da categoria

0 121
image_pdfimage_print

 
Nessa 4ª feira (20/07), aconteceu a 4ª assembleia de mobilização, que integra o calendário nacional de luta contra o descaso e o arrocho salarial imposto aos trabalhadores pela direção do SERPRO.

Passaram pela sala da assembleia, entre o link da meet e a transmissão pelo youtube, mais de 700 trabalhadores e trabalhadoras de todo o país. A representação estava presente pela Fenadados e sindicatos filiados, juntamente com o Sindppd/RS e Sindpd/SC. Entre os trabalhadores muitos sotaques diferentes, mas uma só proposta: organizar, de forma unitária, a luta pelos direitos das trabalhadoras e dos trabalhadores, realizando uma forte greve nacional ainda na primeira quinzena de Agosto caso a empresa insista em sua posição. Vale citar que tivemos a presença de trabalhadores de São Paulo (SP) e do Paraná (PR).

A assembleia também foi um momento de debate intenso sobre a atual situação da empresa, que continua a ser desmontada, pois não é realizado concurso público desde 2015 e já saíram centenas de colegas por conta dos PDVs e pedidos de demissão. Serviços prosseguem sendo descontinuados em meio ao fato de que a empresa permanece no PPI para privatização.

A próxima mesa de negociação com a direção do SERPRO está marcada para o dia 26 de Julho, 3ª feira que vem. Após essa reunião, o comando nacional da campanha salarial será convocado para organizar o calendário de assembleias nos estados a fim de debater a proposta do SERPRO. Se não forem atendidas as reivindicações da categoria, vamos preparar uma forte GREVE nacional. Depois de quase 4 anos sem a recomposição completa das perdas salariais, nosso poder de compra está defasado em mais de 18%! Não podemos esperar mais para lutar, especialmente porque sabemos que a empresa está lucrando muito com o nosso trabalho! Ao não repassar nossas perdas salariais, o SERPRO vê aumentar os seus lucros, de forma vergonhosa! É uma conta muito simples e ao mesmo tempo absurda, enquanto a direção do SERPRO se vangloria e aumenta a sua RVA.

A partir de agora, é fundamental que a nossa organização avance ainda mais. Precisamos, todos e todas, dialogar com as equipes de trabalho, pois mesmo em trabalho remoto é possível lutar. Temos exemplos concretos disso, com greves vitoriosas que ocorreram na empresa pública de TI do município de Porto Alegre (RS), na pública estadual de TI do Rio Grande do Sul e com a DATAPREV em nível nacional – todas aconteceram no ano passado, em meio à pandemia e com os trabalhadores e as trabalhadoras em trabalho remoto. Neste ano, teve greve no CIASC, do governo de Santa Catarina, que também foi vitoriosa.


Vamos valorizar nosso trabalho e defender nossas empresas! Para isso, a mobilização e a preparação da greve são fundamentais! À luta!


Sindppd/RS e Sindpd/SC/FNI, FENADADOS e sindicatos filiados

 

* Texto retirado do BLOG da FNI

 
sindppd

Ver todos os artigos de sindppd

Similar articles

A seção de comentários no site do Sindppd/RS quer incentivar o debate entre os trabalhadores de TI e o sindicato. Também é um canal de denúncias e informações. Portanto, NÃO SERÃO publicados comentários pornográficos, ofensivos a pessoas ou entidades e nem discriminatórios (racistas, homofóbicos, de gênero ou de classe); que contenham publicidade ou palavras de baixo calão; e nem comentários que façam afirmações caluniosas ou difamatórias, sem terem provas sobre o que está sendo dito. SOMENTE serão publicados comentários com endereços de emails válidos, os quais não serão divulgados.

Faça um comentário

Seu email não será publicado. *

Visite-nos

Rua Washington Luiz, 186 - Bairro Centro - Porto Alegre - RS - CEP 90010-460

Telefones do Sindppd/RS:
Geral - (0xx51) 3213-6100
Secretaria - (0xx51) 3213-6121/ 3213-6122
Tesouraria - (0xx51) 3213-6117

E-mail: secretariageral@sindppd-rs.org.br