imagemsite

Prefeito Melo aceita compromisso de estabelecer debate amplo antes de qualquer medida em relação à Procempa feito pelo Sindppd/RS

0 188
image_pdfimage_print

 

Em reunião com o prefeito Sebastião Melo, o Sindppd/RS solicitou compromisso de debate amplo antes de qualquer medida em relação à Procempa, o que foi aceito por ele.

 

 

O Sindppd/RS solicitou uma reunião com o prefeito Sebastião Melo, que foi agendada via vereador Matheus Gomes para a tarde dessa 3ª feira (19/01). O objetivo era pautar a necessidade de diálogo entre os trabalhadores da Procempa e o novo governo. Participaram do encontro, além do prefeito, os secretários Cezar Schirmer (Planejamento e Assuntos Estratégicos), André Barbosa (Administração e Patrimônio), Roberto Rocha (Procuradoria-Geral do Município), Fernando Mattos (Inovação) e Cássio Trogildo (Governança Local e Coordenação Política).

Durante a reunião, o prefeito Melo e secretários levantaram pontos como “monopólio” da Procempa, custo, qualidade dos serviços entregues, produtividade em home office, desatualização tecnológica da empresa e dos empregados, dificuldades para atender todas as demandas da prefeitura municipal (PMPA) e falta de integração entre os sistemas utilizados pela PMPA. Três diretores do sindicato, sendo dois trabalhadores da Procempa e também um técnico, entregaram um documento com temas relevantes (CLIQUE AQUI para acessar) e, também, a lista de serviços realizados em meio à pandemia (VEJA AQUI).

 

Junto com o vereador Matheus Gomes, a representação do Sindppd/RS e dos trabalhadores da Procempa forneceram informações para todos os aspectos levantados. Por exemplo:

– Explicaram que a Procempa não detém o monopólio dos serviços de TI municipais, apenas fornece assessoria técnica;

– Salientaram a reconhecida qualidade dos produtos e serviços entregues pela Procempa, como é o caso dos sistemas que fazem parte do complexo regulador da saúde;

– Esclareceram algumas situações. O mencionado custo do ponto de rede está relacionado ao fato de que a Procempa comercializa o ponto de rede como um pacote de serviços, tornando impossível a comparação direta com preços praticados pela iniciativa privada. Também foram apresentados casos de serviços em que o preço cobrado pela Procempa foi inferior aos praticados por empresas da iniciativa privada e dados sobre a saúde financeira da empresa, que teve resultados positivos nos últimos 3 anos;

– Listaram as entregas realizadas pela Procempa durante a pandemia, mostrando a produtividade e a importância dessas entregas para facilitar o acesso da população aos serviços públicos;

– Esclareceram que há integração entre os sistemas e que uma das tarefas executadas pela Procempa é justamente integrar algumas das soluções adquiridas de empresas privadas aos sistemas que já estão em uso pela PMPA;

– Defenderam a qualificação técnica dos empregados da Procempa e sua a capacidade de atualização. O quadro de empregados combina a experiência de profissionais, que estão há décadas trabalhando na empresa com as mudanças trazidas por trabalhadores que estão entre 10 e 5 anos na empresa;

– Ressaltaram o fato de que a Procempa trabalha para atender às demandas da PMPA até o limite de sua capacidade de atendimento, o que é definido principalmente pelo número de empregados, e que segue priorizando demandas definidas pela própria administração municipal.

 

O sindicato, juntamente com o vereador, fez uma solicitação fundamental ao prefeito: que não tome nenhuma medida drástica que altere a lei de criação da Procempa antes de fazer um amplo debate com o corpo técnico e com a representação dos trabalhadores, pois qualquer medida abrupta pode significar mais problemas do que soluções. Licitar serviços em TI, colocando uma empresa pública de TI como parte da disputa, ainda não aconteceu em nenhum lugar do país, e os impactos podem ser avassaladores para o governo e para o município.

O prefeito Melo mencionou que o governo está analisando projeto que estabeleceria o futuro da Procempa na administração municipal e fez a promessa de estabelecer amplo diálogo com a empresa e com o seu corpo técnico. A promessa também foi reforçada pelo secretário Cézar Schirmer, responsável pela secretaria a que a Procempa está vinculada, que sugeriu uma mesa redonda com a presença dos secretários e com o corpo técnico da empresa para debaterem, com franqueza e profundidade, sobre o papel da companhia. O secretário da Inovação, Fernando Matos, sugeriu que seja feita uma reflexão sobre o futuro da empresa para os próximos anos, e o secretário da Administração, André Barbosa, disse que respeita muito a empresa e seus profissionais e se colocou à disposição para o diálogo.

Vale registrar ainda que a representação dos trabalhadores também entregou cópia das denúncias que o sindicato fez junto ao Ministério Público de Contas (MPC) em 2019 e 2020, que inclusive renderam representações do órgão junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE). Mostramos, com isso, que além de fiscalizarmos os desvios feitos pela gestão passada, continuamos atentos para qualquer medida que venha fragilizar a companhia. O secretário Schirmer se comprometeu a fazer as investigações necessárias sobre todas as denúncias.

Colegas, o momento agora é de reforçar a mobilização de todos para manter esse diálogo, que representa a oportunidade de defender a empresa, suas realizações e sua importância para prefeitura de Porto Alegre. Mas não podemos parar por aí, a defesa da empresa e de seus trabalhadores deve ser parte do cotidiano e inclui a busca de mais apoios junto aos parlamentares e, também, a união com outras entidades sindicais, como é o caso do SIMPA (sindicato dos municipários) e outras associações.

 

 

Sindppd/RS

 

sindppd

Ver todos os artigos de sindppd

A seção de comentários no site do Sindppd/RS quer incentivar o debate entre os trabalhadores de TI e o sindicato. Também é um canal de denúncias e informações. Portanto, NÃO SERÃO publicados comentários pornográficos, ofensivos a pessoas ou entidades e nem discriminatórios (racistas, homofóbicos, de gênero ou de classe); que contenham publicidade ou palavras de baixo calão; e nem comentários que façam afirmações caluniosas ou difamatórias, sem terem provas sobre o que está sendo dito. SOMENTE serão publicados comentários com endereços de emails válidos, os quais não serão divulgados.

Faça um comentário

Seu email não será publicado. *

Visite-nos

Rua Washington Luiz, 186 - Bairro Centro - Porto Alegre - RS - CEP 90010-460

Telefones do Sindppd/RS:
Geral - (0xx51) 3213-6100
Secretaria - (0xx51) 3213-6121/ 3213-6122
Tesouraria - (0xx51) 3213-6117

E-mail: secretariageral@sindppd-rs.org.br