Greve do Serpro: proposta da empresa é insuficiente. A nossa luta continua!

0 197
 
Dando sequência à mesa de negociação iniciada na 2ª feira (15/08), a direção do SERPRO apresentou na terça-feira (16/08) uma nova proposta para a Campanha Salarial dos trabalhadores e das trabalhadoras:
 
 
 
# Reajuste de 7,28% nos salários e nos benefícios SEM os retroativos à data-base (1º de Maio);
 
# Renovação das demais cláusulas do ACT (Acordo Coletivo), COM EXCEÇÃO das seguintes cláusulas, que a empresa disse ainda estar negociando a manutenção delas junto aos órgãos de controle externo:
– Cláusula 54ª: adicional por tempo de serviço;
– Cláusula 61ª: licença prêmio;
– Cláusula 64ª: auxílio a filho com deficiência

 
Esta proposta foi o principal assunto da sala unificada da GREVE de 4ª feira (17/08), que contou com mais de 900 participantes. A maioria dos colegas e das colegas que se pronunciaram durante a reunião criticaram duramente a proposta da direção do SERPRO, que segue sem repor a integralidade do índice das perdas da inflação, não paga o que já perdemos retroativamente à data-base 1º de Maio e, ainda, lança dúvidas sobre a permanência de cláusulas importantes ao conjunto da categoria, especialmente do adicional por tempo de serviço e da licença prêmio.
 
O comando nacional de greve formalizou a rejeição da proposta junto ao SERPRO, que chamou para mais uma rodada de negociação no final da tarde de ontem. Na reunião, a empresa apresentou mais um tema da reivindicação dos trabalhadores e das trabalhadoras, que foi o compromisso de pagar os retroativos. No entanto, não avançou em relação à reposição salarial, mantendo a proposta de 60% do IPCA (7,28%) feita no dia anterior, e nem trouxe resposta sobre as três cláusulas sociais pendentes.

 

 

A GREVE FEZ A DIREÇÃO DO SERPRO SE MEXER. SÓ O REFORÇO DA GREVE PODE CONQUISTAR MAIS AVANÇOS. PRECISAMOS DE VOCÊ, VEM JUNTO COM A GENTE!

A sala de hoje (18/08) chegou a ter 860 participantes e, novamente, foi ressaltada a importância da GREVE, que em uma semana obrigou a direção da empresa a apresentar novas propostas. É muito bom que tivemos mais adesões à GREVE nas equipes em todo país desde ontem. Nosso desafio é seguir aumentando a paralisação, chamando mais trabalhadores e trabalhadoras para a GREVE, pois apenas assim vamos pressionar a direção do SERPRO a dar o que queremos. 
 
Na mesa de negociação, o SERPRO, de forma cínica e vergonhosa, voltou a afirmar ter sido surpreendido com a GREVE. Na nota enviada por e-mail disse que as negociações estavam evoluindo. Os trabalhadores e as trabalhadoras entregaram a pauta de reivindicações antes de 1º de Maio. Estamos há 4 meses “negociando” um reajuste que mal passa a METADE da reposição da inflação!
 
A hora da luta é agora. A GREVE CONTINUA! E PRECISAMOS QUE MAIS COLEGAS PARALISEM PARA QUE TODOS E TODAS NÓS CONQUISTEMOS A REPOSIÇÃO INTEGRAL DAS PERDAS E A MANUTENÇÃO DOS NOSSOS DIREITOS! 
Se a direção do SERPRO realmente acredita que a empresa é tão vital para o Brasil como escreveu em seu informativo, que valorize os trabalhadores e as trabalhadoras e pague o que nos deve. Somos nós que mantemos os sistemas e serviços tão vitais para o país em funcionamento!
Valorize-se você também, colega, VENHA PARA A GREVE! A PARALISAÇÃO é em defesa dos nossos salários e direitos, do SERPRO PÚBLICO e da manutenção dos sistemas e serviços tão importantes que, nós sim, sabemos que prestamos ao povo brasileiro!
 
Seguimos, juntos e juntas, na sala unificada da GREVE nesta 6ª feira (19/08), das 9h às 11h, pela plataforma Zoom. Pegue o link no grupo nacional do Telegram ou no grupo do seu estado.

 
À luta, que é justa e necessária!

 

OLTs e sindicatos da FNI

 

Tagged with: , ,
sindppd

Ver todos os artigos de sindppd

Similar articles

A seção de comentários no site do Sindppd/RS quer incentivar o debate entre os trabalhadores de TI e o sindicato. Também é um canal de denúncias e informações. Portanto, NÃO SERÃO publicados comentários pornográficos, ofensivos a pessoas ou entidades e nem discriminatórios (racistas, homofóbicos, de gênero ou de classe); que contenham publicidade ou palavras de baixo calão; e nem comentários que façam afirmações caluniosas ou difamatórias, sem terem provas sobre o que está sendo dito. SOMENTE serão publicados comentários com endereços de emails válidos, os quais não serão divulgados.

Faça um comentário

Seu email não será publicado. *

Visite-nos

Rua Washington Luiz, 186 - Bairro Centro - Porto Alegre - RS - CEP 90010-460

Telefones do Sindppd/RS:
Geral - (0xx51) 3213-6100
Secretaria - (0xx51) 3213-6121/ 3213-6122
Tesouraria - (0xx51) 3213-6117

E-mail: [email protected]