Dissídio Setor Privado 2013/2014: Marcado julgamento no TST

9 1215

 

Informamos que foi marcado o julgamento da ação interposta pelo SEPRORGS (sindicato dos empresários de TI), na qual a entidade questiona a decisão do TRT (Tribunal Regional do Trabalho) referente ao dissídio coletivo 2013/2014 do setor privado de TI e, até mesmo, pede a extinção do dissídio. No julgamento do TRT, a categoria tinha conseguido 5,6% de reajuste salarial e 1% de aumento real, dentre outros itens.

 
O julgamento irá ocorrer no próximo dia 11 de Maio, às 13h30min, na Seção de Dissídio Coletivo (SDC) do TST (Tribunal Superior do Trabalho).

 

As movimentações do processo de dissídio podem ser consultadas no site http://pje.trt4.jus.br/segundograu/ConsultaPublica/listView.seam, no item “Consulta Processual” pelo número 0020416-65.2014.5.04.0000

 

 

Abaixo, parecer da Assessoria Jurídica do Sindppd/RS sobre o julgamento do recurso do SEPRORGS referente ao dissídio coletivo 2013/2014:

Foi pautado pelo Tribunal Superior do Trabalho o julgamento do recurso ordinário interposto pelo SEPRORGS no Dissídio Coletivo.

O julgamento ocorrerá no dia 11/05/2015 às 13h30min pela Seção de Dissídios Coletivos, onde será apreciado o recurso ordinário do SEPRORGS que pede a extinção do processo.

Salientamos que o julgamento pelo TST não permite dizer que o processo chegará ao seu fim, uma vez que ainda caberá recurso do seu resultado no próprio Tribunal Superior quanto no STF (Supremo Tribunal Federal).

 

Sindppd/RS

 

* Texto atualizado no dia 08 de Maio para inserção do parecer jurídico

sindppd

Ver todos os artigos de sindppd

A seção de comentários no site do Sindppd/RS quer incentivar o debate entre os trabalhadores de TI e o sindicato. Também é um canal de denúncias e informações. Portanto, NÃO SERÃO publicados comentários pornográficos, ofensivos a pessoas ou entidades e nem discriminatórios (racistas, homofóbicos, de gênero ou de classe); que contenham publicidade ou palavras de baixo calão; e nem comentários que façam afirmações caluniosas ou difamatórias, sem terem provas sobre o que está sendo dito. SOMENTE serão publicados comentários com endereços de emails válidos, os quais não serão divulgados.

9 Comentários

  1. Programadora 7 maio, 2015 - 10:37 à 10:37

    Esse julgamento é em definitivo ou depois ainda cabe recurso?

    • Edson 11 maio, 2015 - 15:33 à 15:33

      Infelizmente ainda cabe recurso…
      A novela não tem fim!

  2. Gustavo 7 maio, 2015 - 10:51 à 10:51

    Vamos rezar!

  3. Gustavo 7 maio, 2015 - 10:56 à 10:56

    Esses empresários vão engolir a chumbada!
    Sindicato vamos continuar as mobilizações!

  4. Edson 7 maio, 2015 - 11:05 à 11:05

    Tomara que saia uma resposta definitiva, com ou sem 1%, para acabar essa novela!!!

  5. Vinícius 7 maio, 2015 - 12:03 à 12:03

    Até que enfim, será que vai ser definido tudo de uma vez nessa audiência???? Quem não recebeu nenhum tostão desse dissídio não aguenta mais esperar.

  6. Gustavo 7 maio, 2015 - 14:00 à 14:00

    Sindicato tem que estar de olho no calculo das empresas!
    Fiquem de olho quem ainda não recebeu nada!

  7. João 8 maio, 2015 - 14:16 à 14:16

    Importante ficar de olho e incluir no processo uma listagem das diversas empresas que já fecharam o acordo incluindo o 1% de ganho.
    Mantenham as manifestações e ações ..

  8. joão 11 maio, 2015 - 16:43 à 16:43

    No aguardo de novidades!!!!!

Faça um comentário

Seu email não será publicado. *

Visite-nos

Rua Washington Luiz, 186 - Bairro Centro - Porto Alegre - RS - CEP 90010-460

Telefones do Sindppd/RS:
Geral - (0xx51) 3213-6100
Secretaria - (0xx51) 3213-6121/ 3213-6122
Tesouraria - (0xx51) 3213-6117

E-mail: [email protected]