Dissídio Setor Privado 2013/2014: Esclarecimento sobre adiamento de julgamento no TST

58 2607

 

Trabalhadores do Setor Privado de TI,
segue nota de esclarecimento da assessoria jurídica do Sindppd/RS sobre o adiamento do julgamento do recurso do SEPRORGS (sindicato dos empresários de TI), no qual a entidade pedia a anulação do julgamento no TRT (Tribunal Regional do Trabalho) e a extinção do dissídio.

 

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Na data de hoje, 11 de maio de 2015, estava designado para ocorrer, perante o Tribunal Superior do Trabalho – TST, em Brasília, DF, o julgamento do recurso ordinário interposto pelo SEPRORGS contra a decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região – TRT4 proferida nos autos do processo de dissídio coletivo suscitado pelo SINDPPD/RS em favor da categoria do setor privado de processamento de dados.

Em razão de algumas nulidades ocorridas no processamento do feito no âmbito regional, nulidades estas que foram apontadas pelo SINDPPD/RS e que não haviam sido detectadas na instância superior até a data de hoje e cuja omissão poderia vir em prejuízo da ação dos trabalhadores, o TST houve por bem em atender à solicitação de melhor exame das mesmas, ADIANDO o julgamento do dissídio para data futura.

Assessoria Jurídica
Assim que tivermos mais informações, divulgaremos.

 

 

Sindppd/RS

sindppd

Ver todos os artigos de sindppd

A seção de comentários no site do Sindppd/RS quer incentivar o debate entre os trabalhadores de TI e o sindicato. Também é um canal de denúncias e informações. Portanto, NÃO SERÃO publicados comentários pornográficos, ofensivos a pessoas ou entidades e nem discriminatórios (racistas, homofóbicos, de gênero ou de classe); que contenham publicidade ou palavras de baixo calão; e nem comentários que façam afirmações caluniosas ou difamatórias, sem terem provas sobre o que está sendo dito. SOMENTE serão publicados comentários com endereços de emails válidos, os quais não serão divulgados.

58 Comentários

  1. Lucas 11 maio, 2015 - 18:22 à 18:22

    Mas que palhaçada. Mais um adiamento? Até quando vamos aguentar tanta incompetência do sindicato?

    • Alex 12 maio, 2015 - 17:05 à 17:05

      Palhaçada é pouco! E bota incompetencia nisso, por que eles não devolvem a contribuição sindical que somos OBRIGADOS a pagar??? Seria o mínimo que eles podem fazer!

  2. Cristiano 11 maio, 2015 - 18:38 à 18:38

    Que dúvida que alguma coisa aconteceria. Burro sou eu que ainda tinha esperança. O RS já era.

    • Otário 12 maio, 2015 - 18:55 à 18:55

      INPC INPC INPC INPC INPC INPC INPC INPC INPC INPC INPC INPC INPC

  3. Gerson 11 maio, 2015 - 20:19 à 20:19

    Sempre as mesmas desculpas! Expliquem as tais nulidades. Era melhor deixar de contribuir para o sindicato pois juntando o total que contribuído, teríamos muito mais do que estão querendo.

  4. Fabio 11 maio, 2015 - 20:49 à 20:49

    Boa noite, Quantos meses ainda para novo julgamento ?

  5. ex funcionário da ctis 11 maio, 2015 - 21:50 à 21:50

    Parabéns sindppd!!
    Agora sabe-se lá Deus quando terá novo julgamento.

    Não recebi nem o inpc do periodo e estou sendo obrigado a manter conta aberta em banco e sendo cobrado.

    Enquanto isso vocês deixam passar “nulidades” adiando mais uma vez o julgamento e sem contar que se ganharmos ainda o seprorgs pode recorrer.

    Acho melhor desistir!
    Por essas e outras que levo minha cartinha todo ano até o sindicato…

  6. Edson 12 maio, 2015 - 9:16 à 9:16

    Eu desisto!!!
    Hahahaha

    • Hugo 13 maio, 2015 - 11:20 à 11:20

      Eu desisto!!! [2]
      Hahahaha

  7. Analista 12 maio, 2015 - 10:29 à 10:29

    Prezados,

    Tudo indica que isso não irá terminar tão cedo e olha que nem começamos a campanha salarial de 2015, mesmo estando pendente a de 2013 e 2014.
    A questão da greve conforme muitos colegas aqui já postaram é a segurança. Independente de termos família ou não, temos responsabilidades e não há nenhuma segurança de que não seremos demitidos. Isso ocorreu em anos anterior, sito como a greve da Stefanini em São Leopoldo, eram meus colegas!!!
    Eu apoio a greve, porem não há segurança, isso é fato!
    Essa briga de dois anos por 1% é um absurdo!!! Garanto que o nosso dissídio de 2014 (somente o INPC) está aplicado e rendendo juros %%%%…. aguardando somente um acordo ou uma decisão Judicial de pagamento. Claro que não nunca receberemos estes juros. Mas teremos o desconto do IRPF acumulado no final do mês.
    Para aqueles que buscam um diferencial de $$$, o correto e se qualificar e procurar outras empresas de TI que paguem melhor e que valorizem seus funcionários. Temos algumas na lista que o sindicato demonstrou aqui, onde efetuaram o pagamento antecipado do dissídio de 2013.
    O esquema todo é boicotar estas empresas, saindo destas e indo para outras melhores, levem seus colegas para estas, fazendo com que as empresas “sanguessugas” caiam no rodízio de funcionários, e que esse rodízio leve a má qualidade de seus serviços, até que um dia estes empresários pensem um “pouquinho” na palavra valorização e não somente escravidão.
    Quer saber, deixem rolar este processo de 1% miserável o qual não querem pagar e aceitem logo o valor oferecido do INPC de 2014. Afinal os nossos descontos aumentaram (inflação, alimentação e plano de saúde). Fechem logo este acordo de 2014 para podermos receber o que é de direito. Caso contrário, Prestem atenção!!!, Caso contrário vamos entrar com dissídio em cima de dissídio na justiça e nada será resolvido tão cedo.
    A questão das 40 horas, isto será bem mais difícil aqui no Sul, Se isso um dia for aprovado, teremos muitas demissões ou um realinhamento de salários.
    Pensem bem, nosso dissidio está rendendo juro que não vamos receber, mas claro.. vamos receber um bom, mas bom desconto acumulado de valores no final do mês.

  8. Pessoa 12 maio, 2015 - 13:54 à 13:54

    Lamentável !!!

    O pior de tudo é que vcs vem com papo mole de fazer greve, colocando em risco o meu emprego e agora não param com as homologações pq o sindicato tem medo de levar um processo. Faça me um favor, demitam-se ! Além de errar o nosso processo no tst…Que vai ter recurso, mais recurso e nunca mais vamos ver esse dissídio. Parabéns por não me representar…vcs fazem isso muito bem.

    Dai, a minha empresa não aumenta o salario dos funcionários que pedem aumento alegando que precisam esperar o dissídio…O que faço já q quero um aumento?

  9. Edu Shrink 12 maio, 2015 - 14:31 à 14:31

    Esqueçam esse 1%, peçam desculpas para o Seprorgs e resolvam isso de uma vez. Vocês já tiveram a chance, e mostraram que não são páreos. Façam alguma coisa pelos funcionários, pelo menos dessa vez. A TI não é metalúrgica, não vão conseguir fazer greve e nem eleger ninguém por aqui.

  10. Alex 12 maio, 2015 - 17:01 à 17:01

    Ahahahha, la pelo ano de 2045 tudo estará resolvido, pena que nao posso mudar de sindicato, um dia haverá uma lei que o funcionario poderá escolher a qual sindicato pertencer!

  11. Analista 12 maio, 2015 - 17:04 à 17:04

    Perguntar não ofende:
    Já demitiram o advogado que está “nos defendendo”?

    Pq é muita incompetência num processo só.

  12. Programador Cansado 12 maio, 2015 - 17:25 à 17:25

    Simplesmente desisti! Perdi as esperanças! INPC é melhor que nada! Como os colegas falaram, vamos entrar em 2015 com duas abertas! Por favor, voltem atrás e fechem o INPC de uma vez! Escola do filho ficou mais cara! Comida ficou mais cara! Não tive reposição!

  13. Programador Cansado 12 maio, 2015 - 17:28 à 17:28

    pesquisado sobre Nulidade…seria isso Sindpdd?

    Conceito de nulidade: É a sanção aplicável ao processo, ou ao
    ato processual, realizado com inobservância da forma devida, ou em forma
    proibida pela lei processual. É um defeito.

    Pelo o que eu entendi, o sindicato abriu um processo com defeito? Seria isso?

    Por favor, não excluam esse comentário e expliquem. É o mínimo que podem fazer!

  14. veterano 12 maio, 2015 - 17:53 à 17:53

    Velhas desculpas para as mesmas perguntas. Descaso com o próprio trabalhador. Conforme já falaram, demitam este advogado – e demitam-se.
    Quem dera, conforme já coloquei outras vezes, ter outro sindicato ou então um que realmente nos representasse.
    Além disso a notícia onde continham os gastos simplesmente SUMIU! Até porque de nada adianta, afinal não há os que os nobres sindicalistas ganham (que seja o total em salários, não o de cada um), certo? Estão mais para patronagem do que cuidarem dos trabalhadores infelizmente…

    • Analista 13 maio, 2015 - 15:50 à 15:50

      Veterano, sumiu pq aquele balanço é inválido contabilmente e legalmente.
      Como pode um sindicato apresentar lucro? E um belo resultado de receitas financeiras? Ou seja, aplicam nosso dinheiro em rendimentos em vez de usar para por exemplo, promover capacitação profissional para a classe, ou mesmo ter mais força nas negociações, como fazem outros sindicatos.

      Poderia apresentar no máximo reserva de recursos, jamais LUCRO. O que é diferente, já que eles não tem receitas, mas contribuições.

      Digo isso pq trabalho na TI, mas sou contador.

      Quando divulgaram aquela demonstração eu coloquei um comentário questionando algumas coisas que ferem a forma de apresentar o balanço de uma organização sindical e foi excluído o comentário.

      Espero que o colega leia antes de excluírem.

      Abs!

      • sindppd 13 maio, 2015 - 17:14 à 17:14

        Prezados,

        os balanços foram aprovados em assembleia e não “sumiram”. É só procurar em “notícias-geral”. Para facilitar aqui estão os balanços: http://www.sindppd-rs.org.br/assembleia-de-prestacao-de-contas-do-sindppdrs-acontece-na-quarta-feira-2503-participe/

        O sindicato tem um escritório contábil regular e cadastrado junto aos órgãos competentes da área. Portanto colega analista, os balanços estão absolutamente válidos contabilmente e legalmente.

        Att. Sindppd/RS

        • analista 14 maio, 2015 - 11:58 à 11:58

          Conclusão, esse escritório é tão competente quanto vocês.

          Ou agora sindicato tem por objetivo o lucro?
          Qualquer pessoa que tenha chegado perto de uma faculdade de contabilidade sabe que aquilo está incorreto. Pode estar com os valores certos, mas a forma chega a ser uma vergonha para a classe contábil.

          Ter o registro nos órgãos competentes é uma coisa, atuar na profissão com competência é outra bem diferente.

          Peça para o seu contador explicar e divulgue para nós, onde ele se baseia para apresentar lucro em uma atividade sindical.

          Qual o CPC, norma, Artigo do Código Civil?

  15. Lucas 12 maio, 2015 - 20:44 à 20:44

    E onde está o sindicato que não vem se manifestar?

    Solta essa letrinha básica, não explica as nulidades, não da novo prazo para julgamento…

    Por mim que fechem sempre pelo INPC. Ficar quase 2 anos na briga para ganhar 1% é PIADA.

    Aliás, e o acordo de 2014? NUNCA mais falaram NADA.

    Como já foi manifestado anteriormente, voltem ao SEPRORGS, peçam desculpas e digam que aceitamos apenas o valor do INPC, já que, pela incompetência da “assessoria jurídica” que foi contratada, é capaz de NEM o INPC recebermos.

    • Analista 13 maio, 2015 - 17:09 à 17:09

      Concordo!
      Aceitem o INPC logo, por favor!!!!

  16. Pedro 13 maio, 2015 - 9:22 à 9:22

    Só não compro minha fantasia de palhaço porque a inflação de 2 anos já me tirou o poder de compra.

  17. Dev Zenvia 13 maio, 2015 - 15:06 à 15:06

    O SINDPPD tá mais preocupado com a lei da terceirização do que com esse dicídio ridículo. Se não conseguem ganhar dos empresários de TI daqui vão conseguir ganhar de quem??? Aceitem logo o INPC e nos esqueçam de uma vez.

  18. Edson 13 maio, 2015 - 15:43 à 15:43

    Anotem o que vou dizer.
    Vai juntar 3 campanhas salariais sem acordo. Já estamos quase na metade do ano e o sindicato nem fala mais na campanha 2014/2015.
    – 2013/2014
    – 2014/2015
    – 2015/2016
    Quem duvida é louco. Nossa realidade é MUITO ruim!

      • Analista 13 maio, 2015 - 17:18 à 17:18

        Vamos fazer o seguinte:

        – 2013/2014 – Esquecem o 1%, deixa rolar o processo!
        – 2014/2015 – Aceitem o INPC já na próxima reunião.
        – 2015/2016 – Aceitem o INPC logo na primeira reunião!

        Tudo isso pode chegar a uns 10%, e já tá de bom tamanho pelo tempo que isso tá levando. Assim acaba com esse tormento!
        Será que alguém quer encarar as três campanhas salariais sem acordo e ainda esperar pela justiça?

        • Pessoa 14 maio, 2015 - 11:23 à 11:23

          Eu concordo !

      • Edson 19 maio, 2015 - 11:07 à 11:07

        Eu acompanho a “campanha” 2014/2015. Mas o que adianta? Já sei que não irá avançar… que vem outra bomba pela frente igual ou pior à campanha 2013/2014.

  19. Gustavo 14 maio, 2015 - 11:21 à 11:21

    é importante o sindicato quando ele realmente é ativo!

  20. Desenvolvedor 14 maio, 2015 - 13:26 à 13:26

    Alo sindicato…
    Aceitei logo o INPC dos 2 dissidios…
    E ve se respondem… pelo que percebo, só respondem quando alguem fala mal…

    Já vi sindicato fraco, mas igual a esse….
    Como bem falou um colega acima, por isso que todo o ano tenho que levar aquela cartinha lá.

    E quanto ao estado de greve? Já perguntei isso 2 vezes sem resposta. O que é esse estado de greve? Para que serve? Fui demitido em meio a uma greve e até agora nada. Isso em 12/12/12. Empresa Terra. Como está aquele processo. Faz quase um ano que não nos dão notícias.
    VERGONHOSO

  21. Gustavo 14 maio, 2015 - 14:40 à 14:40

    MUNICIPÁRIOS:
    Com proposta de reajuste de 8,17%, servidores analisam entrar em greve
    E nós sempre na miséria!
    Sindicato não é articulado, estou revoltado com esta situação!

  22. Gustavo 14 maio, 2015 - 14:43 à 14:43

    Ontem o sindicato dos municipários pararam a siqueira campos e o nosso sindicato? Eles só param com o nosso reajuste isso sim nunca vi pararem nada, colocam outdoors na cidade com nosso dinheiro, ninguém liga para esse tipo de protesto!
    Persistem o mesmo erro!

  23. Gustavo 14 maio, 2015 - 15:26 à 15:26

    Tentando justificar o recebimento da contribuição sindical de forma incompetente!

  24. Anonymous 15 maio, 2015 - 7:27 à 7:27

    Aceitei logo o INPC.
    Vamos ficar sendo enrolado por ambos mais 1 ano todo para chegar no final darem apenas o INPC e ainda ficarem enrolando na justiça.
    Por favor.

    Aceitei logo o INPC!

  25. Anonymous 15 maio, 2015 - 7:41 à 7:41

    Aceita o INPC!

  26. Rodrigo 15 maio, 2015 - 10:25 à 10:25

    Incompetentes,, como Luis Sá e compania que não são claros, isso é uma falta de respeito pata quem teve que dar um dia de salario para o Sindicato.. já falei inumeras vezes aqui.. mas só digo o seguinte, o sindicato é incapaz de nada.. e não por falta de recursos.. e sim por falta de pessoas com capacidade de pensar.. querem ser algo.. apresentem resultados JA!!!!! e apresentar resultado já se trata de fechar os dissidio de uma ou outra forma.. hoje recebi a noticia que o plano de saude aumenta 45%.. e eu pago 2.. e daqui a 8 meses vou pagar 3.. e o aumento? eu pago quade 20% a mais de contas do que recebo do meu salario.. e isso beneficia a quem? aos colegas da área? não isso perjudica minha familia!!.. voces tem familia?? a gente tambem tem.. tem que botar comida na messa gente ridicula.. a gente precisa tambem de aumento.. e não ficar 2 anos por uma miseria de 1%.. estou me lixando para o ganho da categoria.. eu me preocupo com minha familia não voces que estão ai ganhando sentados numa cadeira.. nem por meus colegas (eles devem pensar igual a mim).. eu quero o bem da minha familia e voces só perjudicam isso!!..

  27. Chatiada 15 maio, 2015 - 10:49 à 10:49

    Incrível que o SINDPPD só responde o que convém!
    Foram feitas diversas perguntas nos comentários sobre o processo, sobre previsão de julgamento, sobre as nulidades e o sindppd não responde. Porém quando a questão é sobre as finanças responde rapidinho.
    E ai? Continuaremos até quando sendo feitos de trouxa? Agora todos os anos vai ser essa palhaçada?

    • Lucas 16 maio, 2015 - 13:55 à 13:55

      O sindicato só pode estar de conchavo com o SEPRORGS.

      Eu não tenho como pensar diferente. Só nos enrolam. Não recebemos NENHUMA JUSTIFICATIVA.

      Essa nota poderia muito bem ser escrita por uma criança de 10 anos. Não explica nada, não justifica NADA.

      Somos tirados para OTÁRIOS.

      Por isso que eu luto pelo fim dos SINDICATOS. Só servem para MORDER quem REALMENTE produz.

      Sindicato virou refúgio para POLITICAGEM. Estão se LIXANDO para o trabalhador.

  28. Santo Expedito 15 maio, 2015 - 13:36 à 13:36

    santo Expedito

    Prezados, façamos o seguinte:
    Reunião com o sindicato e informar que:

    1) Aceitamos de coração o dissídio de 2014/2015.
    2) 2013/2014 (os 1%) deixamos rolar o processo, e quem sabe ganhamos ele parcelado em duas vezes de 0,5% . Desta forma não prejudicamos nossos “queridos” empresários.
    3) 2015/2016 sugiro aceitar INPC seja qual for o valor, sem pedir aumento real, pois novamente vai parar nas mão da Justiça e demorar meses até a solução.

    Agora se os meus colegas discordarem da minha opinião, podemos…

    1) Rejeitar tudo e colocar os três dissídios na Justiça
    2) Esperar o julgamento. Creio que leve um ano ou mais. Até lá ficaremos na míngua.

    E se alguém vier me perguntar o que eu posso fazer. Eu digo:

    1) Pagar a mensalidade anual ao sindicato.
    2) Acreditar que possuímos um sindicato com “armas’ suficiente para nos defender. Estas armas são ( argumentos de peso aos empresários durante as reuniões, documentos que comprovem a capacidade de pagar o reajuste solicitado e claro BOMMMMM advogado )
    3) Participar das reuniões e opinar.
    4) Rezar
    5) Aceder uma vela para Santo Expedito (Santo das causas impossíveis)
    6) E Rezar mais ….

    Se a força da “LEI” não consegue nos amparar dos nossos direitos, não vai ser a greve que vai impor o medo ou mesmo mudar a opinião dos empresários, pois estes somente valorizam seus funcionários quando percebem que estamos migrando para outras empresas ou seja, quando a “senzala” começa a ficar vazia, sem os escravos.

    • Ex-CTIS 18 maio, 2015 - 11:40 à 11:40

      Cara, para mim só INPC. Acho que já foi longe demais. O pessoal da Seprorgs já pagou para os funcionários deles, não querem se encomodar. Mas têm empresas, principalmente as de outsourcing, que não pagaram nada ainda. Ficam mentindo que estão negociando com o sindicato, mas na verdade estão só enrolando agente. O sindicato talvez tenha boa intenção, mas neste momento estão nos prejudicando.

      • Santo Expedito 18 maio, 2015 - 15:05 à 15:05

        Concordo Ex-CTIS! A minha empresa também está enrolando, pois já poderiam ter pago o INPC desde Janeiro sendo que é de direito, mas nem sequer tocam no assunto. Estou de saco cheio dessa enrolação! Por favor Sindicado, façam logo o acordo e fechem TUDO pelo INPC. CHEGA!
        Eu pergunto. Alguém mais quer aguardar alguma coisa acontecer????

  29. Analista 15 maio, 2015 - 15:40 à 15:40

    Pessoal,

    Sinceramente, esta nota de esclarecimento não esclareceu nada! Quais nulidades que foram encontradas? Isso foi um comunicado, não um esclarecimento.

  30. Maria 15 maio, 2015 - 15:44 à 15:44

    Sindicato de Arcaico.. teimando e insistindo nos mesmos erros…

  31. Jefferson Lampert 18 maio, 2015 - 14:10 à 14:10

    Eu quero gastar essa grana para aumentar minha baixa auto estima!
    Vamos lá sindicato!
    Pescoço!

  32. Santo Expedito 18 maio, 2015 - 15:14 à 15:14

    Senhores!
    Vamos terminar com esse tormento!
    Volto a dizer, vamos efetuar uma reunião com o Sindicado URGENTE!
    Vamos propor:

    – 2013/2014 – Esquecem o 1%, deixa rolar o processo!
    – 2014/2015 – Aceitem o INPC já na próxima reunião.
    – 2015/2016 – Aceitem o INPC logo na primeira reunião!

    Não vamos receber juros pelo atraso destes pagamentos, mas teremos os desconto de IRPF sem choro no final.
    Ou querem ter três campanhas salariais em julgamento?

  33. Desenvolvedor 19 maio, 2015 - 8:19 à 8:19

    Sindicato, tenho uma dúvida.

    É possível que no próximo encontro com o SEPRORGS, ou na próxima audiência, se diga que não queremos mais o aumento real, nem as 40 horas, que isso fica para um próximo dissídio? Se sim, o façam… 2 anos sem aumento ninguem aguenta.
    e o sindicado com lucros…

  34. Hugo 19 maio, 2015 - 9:18 à 9:18

    E ai sindicato, alguma novidade?
    As datas dos próximos capítulos desta novela ficaram pra quando?

  35. Lucas Biondi Pacheco 19 maio, 2015 - 10:11 à 10:11

    Apagaram meu comentário por que falei que a diretoria atual, não tem nada a ver com a área de atuação do sindicato.

    • Hugo 20 maio, 2015 - 9:12 à 9:12

      Apagando comentários.. que feio!! Como fica o direito de expressão Lucas?

      • sindppd 20 maio, 2015 - 11:14 à 11:14

        Prezados,

        Como em muitas outras páginas, o espaço de comentários tem algumas regras de moderação para o bom uso dessa ferramenta. As orientações estão colocadas claramente no final da página, antes do espaço da matéria.

        Att.
        Sindppd/RS

  36. Lucas 20 maio, 2015 - 2:24 à 2:24

    Está mais que na hora de bater o martelo pelo INPC! No meu caso, a minha empresa vem pagando os adiantamentos pelo INPC desde novembro de 2013. Mas penso nos colegas de TI que estão a mais de dois anos sem nenhum reajuste. Concordo com os colegas que acreditam que o SINDPPD a esta altura, está mais prejudicando os trabalhadores da área de TI do que ajudando. É triste, mas já não está mais valendo a pena a luta pelo 1% real!

  37. Santo Expedito 20 maio, 2015 - 8:51 à 8:51

    Sindicado!!!
    Por favor, respondam: Qual é o caminho agora?
    Pelo que podem ver e ler, a maioria quer o fim deste tormento!
    Vamos aceitar o INPC! Sei quer não é o certo, mas isto não acabar este ano e como disse o “Desenvolvedor” no comentário acima: Que na próxima audiência, se diga que não queremos mais o aumento real, nem as 40 horas, que isso fica para um próximo dissídio.
    Sabemos que não é o correto, porem não podemos esperar mais! Já deveríamos estar na luta para 2015/2016, porem estamos aqui. brigando por 2013/2014 por 1% e 2013/2014 sem nenhum acordo até o momento.
    A greve não é o caminho, já que não há garantias.
    A Justiça ??? só um milagre!
    E ai o que fazemos? Temos o direito de respostas!
    E sabe mais….
    Gostaria realmente de ser o Santo Expedido, para fazer um milagre por todos nos da TI.

  38. Desenvolvedor 20 maio, 2015 - 9:44 à 9:44

    Pessoal, pelo jeito não adianta ficar reclamando por aqui.
    Simplesmente não nos respondem.
    É um Sindicato de TI que não se utiliza das ferramentas de TI para se comunicar com a classe.
    Pelo visto, essa página é utilizada mais para divulgar propaganda anti governista/empresarial do que para servir de apoio aos profissionais.

    Fiz vários questionamentos, e nada.

    • sindppd 20 maio, 2015 - 11:20 à 11:20

      Desenvolvedor,

      tem questões colocadas por ti e demais várias pessoas aqui no espaço dos comentários que, por serem de certa forma geral, preferimos responder formalmente e para todos, e não a cada um nos comentários (já que muitos acabam não lendo). Algumas dessas questões serão respondidas em breve.

      Att.
      Sindppd/RS

      • Desenvolvedor 20 maio, 2015 - 13:52 à 13:52

        Bem, pelo menos uma das perguntas não foi respondida.
        Para que serve o tal Estado de Greve??
        Que garantias me dá que não irei ser demitido?

        Como já falei outras vezes, fui demitido (demissão em massa) em meio a uma “greve” do setor, (na real, só o sindicato diz que estamos em greve, pois todos continuam trabalhando normalmente) e nada aconteceu.

        • sindppd 20 maio, 2015 - 18:12 à 18:12

          Colega Desenvolvedor,

          sugerimos que entres em contato com a assessoria jurídica do sindicato, que pode tirar essas e outras dúvidas que por ventura tu tenhas. A assessoria jurídica realiza plantões para atendimento dos trabalhadores nas Terças-feiras, das 15h às 18h e nas Quintas-feiras, das 10h às 13h, tanto na sede do sindicato (por ordem de chegada) quanto pelo telefone (51) 3213-6100.

          Att.
          Sindppd/RS

          • veterano 21 maio, 2015 - 10:27 à 10:27

            E por que não responder à massa de trabalhadores de uma vez só? Perguntas duplicadas sem respostas…

Faça um comentário

Seu email não será publicado. *

Visite-nos

Rua Washington Luiz, 186 - Bairro Centro - Porto Alegre - RS - CEP 90010-460

Telefones do Sindppd/RS:
Geral - (0xx51) 3213-6100
Secretaria - (0xx51) 3213-6121/ 3213-6122
Tesouraria - (0xx51) 3213-6117

E-mail: [email protected]