210818mobilizacao_nacional_DESTAQUE

18 de Agosto: dia de mobilização nacional contra a Reforma Administrativa. Participe em Porto Alegre (RS)!

0 41
image_pdfimage_print

 

Colegas da TI,

sindicatos, centrais sindicais e organizações sociais estão convocando para esta 4ª feira (18 de Agosto) um DIA NACIONAL DE MOBILIZAÇÃO E DE LUTA CONTRA A REFORMA ADMINISTRATIVA. A proposta do Governo Bolsonaro atingirá direta ou indiretamente a todos os trabalhadores brasileiros, inclusive os celetistas das empresas estatais.

ATENÇÃO! um dos piores impactos é a possibilidade de que a cada eleição os governos dos municípios, estados e federal poderão colocar MILHÕES de INDICADOS dos seus partidos para o lugar que hoje é ocupado por trabalhadores concursados. Isso vai valer para os servidores públicos e, também, para empresas públicas.

Divulgamos, abaixo, o cronograma de atividades em Porto Alegre (RS) nesta 4ª feira (18/08). O Sindppd/RS estará presente e convida todos os colegas a participarem, especialmente para quem trabalha jornada completa, no ato às 18h na Esquina Democrática:

# Ato a partir das 13h na frente do Palácio Piratini;
# Ato, às 18h, na Esquina Democrática ou Largo Glênio Peres

 

Mobilização nacional nesta 4ª feira (18/08) também é contra a Medida Provisória 1.045 (veja neste link), que aprofunda a reforma trabalhista criando trabalhadores de “segunda classe”, com baixos salários, sem direitos trabalhistas e previdenciários, o que prejudicará fortemente jovens, mas terá impacto em todos os trabalhadores. Será, ainda, um importante dia de luta contra as PRIVATIZAÇÕES, entre elas a do SERPRO e da DATAPREV, e contra o desmonte das empresas públicas de TI PROCEMPA e PROCERGS.

 

PEC 32 DA REFORMA ADMINISTRATIVA COLOCA EM RISCO EMPREGOS, DIREITOS E O SERVIÇO PÚBLICO À POPULAÇÃO

A Reforma Administrativa está contida na PEC 32 (Proposta de Emenda Constitucional), que tramita neste momento no Congresso Nacional. Em síntese, a PEC dá fim ao Regime Único e abre a possibilidade de extinção das atuais carreiras no serviço público e também nas empresas estatais. Após cada eleição os governos dos municípios, estados e federal poderão colocar milhões de indicados dos seus partidos para o lugar que hoje é ocupado por trabalhadores concursados.

O Governo Bolsonaro defende o fim dos concursos públicos e sua substituição em lei por processos seletivos para contratos temporários e precarizados. São os chamados novos vínculos com prazo determinado que serão admitidos para atender demandas temporárias, incluindo a substituição de grevistas. Em muitos municípios e estados, essa prática já vem sendo adotada, configurando um quadro nos serviços públicos composto por mais de 50% de admitidos com contratos temporários como, por exemplo, na Educação.

Essa contrarreforma ataca também aposentadas e aposentados e termina com a Estabilidade no serviço público, o que ficará restrito apenas a Carreiras Típicas de Estado. Ou seja, os funcionários públicos ficarão à mercê das eleições governamentais e estarão fragilizados para cumprir com seu trabalho de oferecer bons serviços à população e de proteger o bem comum.

Ao transpor a lógica de empresa privada ao setor público, o objetivo real não é melhorá-lo, mas sim colocar toda a máquina pública a serviço dos interesses particulares e de poucos, que querem um Estado mínimo para a população que mais precisa e um Estado máximo para eles próprios. Não importa se o serviço público será ampliado ou melhorado para a massa da população, mas que sim que “gaste menos” dos cofres públicos, via redução de salário e de direitos dos trabalhadores e o fornecimento de serviços públicos, para que sobre mais dinheiro para que os governos invistam nas grandes empresas privadas.

PEC 32 é a precarização do serviço público para trabalhadores e para a população. DIGA NÃO! Para saber mais sobre a PEC 32, leia este artigo: http://cspconlutas.org.br/2021/07/pec-32-o-desmonte-do-estado-que-afetara-servidoras-e-servidores-publicos-e-a-populacao-em-geral-por-gesa-correa/

 

DIA NACIONAL DE LUTA CONTRA A REFORMA ADMINISTRATIVA – PEC 32
Atividades em Porto Alegre (RS):
# Ato a partir das 13h na frente do Palácio Piratini;
# Ato, às 18h, na Esquina Democrática ou Largo Glênio Peres

 

Participe!

 

Sindppd/RS

 

sindppd

Ver todos os artigos de sindppd

Similar articles

A seção de comentários no site do Sindppd/RS quer incentivar o debate entre os trabalhadores de TI e o sindicato. Também é um canal de denúncias e informações. Portanto, NÃO SERÃO publicados comentários pornográficos, ofensivos a pessoas ou entidades e nem discriminatórios (racistas, homofóbicos, de gênero ou de classe); que contenham publicidade ou palavras de baixo calão; e nem comentários que façam afirmações caluniosas ou difamatórias, sem terem provas sobre o que está sendo dito. SOMENTE serão publicados comentários com endereços de emails válidos, os quais não serão divulgados.

Faça um comentário

Seu email não será publicado. *

Visite-nos

Rua Washington Luiz, 186 - Bairro Centro - Porto Alegre - RS - CEP 90010-460

Telefones do Sindppd/RS:
Geral - (0xx51) 3213-6100
Secretaria - (0xx51) 3213-6121/ 3213-6122
Tesouraria - (0xx51) 3213-6117

E-mail: secretariageral@sindppd-rs.org.br