SETOR PRIVADO – Por decisão judicial, trabalhadores da Ivirtua receberão diferenças de 2015/2016

0 148
image_pdfimage_print

 

Os trabalhadores da Ivirtua da cidade de Cachoeirinha (RS) que estavam empregados na empresa em 1º de Novembro de 2015 ou que foram demitidos no período abrangido pela Convenção Coletiva 2015/2016 finalmente receberão as diferenças salariais decorrentes daquele período. A Justiça do Trabalho já liberou o alvará e o montante para pagamento aos trabalhadores beneficiados.

Os valores serão distribuídos a partir desta 6ª feira (26/07) pelo escritório da PROJUST, a assessoria jurídica do Sindppd/RS. Ao todo, 28 trabalhadores receberão o montante devido. O sindicato ingressou com esta ação coletiva em 2017, sob o número ACC Nº 0020034-60.2017.5.04.0261

 

CLIQUE AQUI para ver os trabalhadores beneficiados com a ação

 

COMO SERÁ FEITO O PAGAMENTO: os trabalhadores beneficiados devem entrar, primeiramente, em contato com o escritório da PROJUST para se informarem sobre os valores a receber e a forma de pagamento, que poderá ser realizado via depósito bancário caso o trabalhador assim queira.
    O atendimento para os 28 trabalhadores beneficiados pela ação da IVIRTUA será a partir desta 6ª feira (26/07), das 9h às 12h e das 14h às 18h. Telefone da PROJUST: (51) 3028-9000. O escritório fica na Travessa Francisco Leonardo Truda, 98, sala 74 – Edifício Brasília – Centro Histórico de Porto Alegre (RS).

 

 

ENTENDA O CASO

No início de 2017, a assessoria jurídica do Sindppd/RS ingressou com ação judicial contra a empresa  IVIRTUA, da cidade de Cachoeirinha (RS), por descumprimento da CCT 2015/2016 (Convenção Coletiva de Trabalho). A ação foi baseada em denúncias dos trabalhadores de que não tinham recebido o reajuste de 10,33% nos salários e nos benefícios, pago em 3x conforme acordado com o SEPRORGS (sindicato patronal). Relembre neste link: http://www.sindppd-rs.org.br/setor-privado-ivirtua-e-capgemini-nao-estariam-pagando-reajustes/

A Justiça do Trabalho julgou a ação procedente em parte, detectando que, realmente, os trabalhadores não tinham recebido corretamente o reajuste nos salários. A decisão do TRT4 (Tribunal Regional do Trabalho) foi emitida naquele mesmo ano, em 2017 (CLIQUE AQUI para ver despacho da Justiça).

Após o trâmite de recursos de ambas as partes e a fase do perito realizar os cálculos, o pagamento dos valores devidos aos colegas será efetuado neste ano de 2019.

 

 

SINDPPD/RS FORTE É O QUE TEM OS TRABALHADORES JUNTO!

A CCT (Convenção Coletiva de Trabalho) do Setor Privado de TI do RS só existe porque nossa categoria está ORGANIZADA e mantém um SINDICATO FORTE e ATUANTE. Os direitos que constam em nossa Convenção Coletiva não foram dados de graça pelos empresários; foram conquistados e são mantidos com muita luta. Cada Campanha Salarial do Setor Privado é uma peleia muito dura com o SEPRORGS (sindicato das empresas), que sempre busca rebaixar ainda mais os salários ao não querer repor nem as perdas com a inflação e quer retirar direitos.

O SEPRORGS se opõe à tão almejada redução da jornada de trabalho para 40h semanais. Por isso, nos últimos anos o Sindppd/RS fez alguns acordos direto com empresas do Setor Privado que quiseram avançar nessa questão.

Temos que zelar pela CCT (Convenção Coletiva de Trabalho). Se a tua empresa descumpre a nossa Convenção, denuncie ao Sindppd/RS pelo email secretariageral@sindppd-rs.org.br ou pelo telefone (51) 3213-6100. Todas as informações são de uso exclusivo do sindicato e não são divulgadas! Faça valer os teus direitos! A CCT (Convenção Coletiva de Coletiva) deve ser respeitada!

E para que o Sindppd/RS se mantenha ATIVO, sindicalize-se ao sindicato!

 

 

Sindppd/RS

 

sindppd

Ver todos os artigos de sindppd

Similar articles

A seção de comentários no site do Sindppd/RS quer incentivar o debate entre os trabalhadores de TI e o sindicato. Também é um canal de denúncias e informações. Portanto, NÃO SERÃO publicados comentários pornográficos, ofensivos a pessoas ou entidades e nem discriminatórios (racistas, homofóbicos, de gênero ou de classe); que contenham publicidade ou palavras de baixo calão; e nem comentários que façam afirmações caluniosas ou difamatórias, sem terem provas sobre o que está sendo dito. SOMENTE serão publicados comentários com endereços de emails válidos, os quais não serão divulgados.

Faça um comentário

Seu email não será publicado. *

Visite-nos

Rua Washington Luiz, 186 - Bairro Centro - Porto Alegre - RS - CEP 90010-460

Telefones do Sindppd/RS:
Geral - (0xx51) 3213-6100
Secretaria - (0xx51) 3213-6121/ 3213-6122
Tesouraria - (0xx51) 3213-6117

E-mail: secretariageral@sindppd-rs.org.br