SETOR PRIVADO – Multiágil não paga salários e nem vales transporte e refeição

0 1002
image_pdfimage_print

 

Mais uma vez, a prefeitura de Canoas (região metropolitana de Porto Alegre) está envolvida diretamente com uma empresa terceirizada irregular. A empresa Multiágil “aluga” a mão de obra de trabalhadoras, as quais prestam serviços de Teleagendamento de Consultas junto à Secretaria de Saúde do município. No entanto, a empresa não cumpre com os seus deveres e vem atrasando o pagamento de salários e de vales refeição e transporte, dentre outros direitos das trabalhadoras.

O Sindppd/RS formalizou denúncia dessa situação nesta quarta-feira (15/03) junto à Multiágil, prefeitura municipal e Secretaria de Saúde de Canoas, além do SEPRORGS – sindicato que representa as empresas de TI em nosso estado.

 

CLIQUE AQUI para ver ofício enviado pelo Sindppd/RS

 

O sindicato exige que eles adotem providências imediatas no sentido de atenderem a legislação e a CCT vigente (Convenção Coletiva de Trabalho). Caso as ilegalidades não sejam corrigidas com a urgência que a gravidade da situação exige, adotaremos outras iniciativas judiciais e extrajudiciais.

Também avaliaremos com as trabalhadoras envolvidas as possibilidades de paralisações das atividades e atos, a exemplo daqueles que as colegas da GSH participaram e promoveram em Dezembro/2014.

 

Trabalhadoras ainda não receberam salário de Fevereiro

Os salários e demais benefícios do mês de Fevereiro/2017 deveriam estar QUITADOS ATÉ o dia 07/03/2017, 5° dia útil do mês subsequente. Porém, até a publicação desta matéria, com 8 dias de atraso, os valores AINDA não tinham sido pagos. As trabalhadoras não têm nem mais como se deslocar para o trabalho por absoluta falta de dinheiro, pois alimentação e outros compromissos já estão sendo bancados exclusivamente por elas.

Importante destacar que a Multiágil, empresa que recentemente sucedeu a GSH* nesta atividade em Canoas, já tem um histórico de muitos descumprimentos da legislação e da CCT (Convenção Coletiva) da categoria, mesmo num espaço de tempo pequeno, inclusive já tendo ocorrido uma paralisação das trabalhadoras no final do ano 2016, por contas desses mesmos atrasos que se repetem agora.

 
Fique atento. Não abra mão de seus direitos! Qualquer irregularidade, denuncie ao Sindppd/RS pelo e-mail secretariageral@sindppd-rs.org.br

 
Sindppd/RS

 
* Empresa que saiu das cidades de Canoas e de Pelotas com muitas dívidas pendentes com seus trabalhadores, que estão sendo cobradas através de diversas ações movidas pelo Sindppd/RS e outras tantas individuais ajuizadas pelo Assessoria Jurídica do sindicato

sindppd

Ver todos os artigos de sindppd

Similar articles

A seção de comentários no site do Sindppd/RS quer incentivar o debate entre os trabalhadores de TI e o sindicato. Também é um canal de denúncias e informações. Portanto, NÃO SERÃO publicados comentários pornográficos, ofensivos a pessoas ou entidades e nem discriminatórios (racistas, homofóbicos, de gênero ou de classe); que contenham publicidade ou palavras de baixo calão; e nem comentários que façam afirmações caluniosas ou difamatórias, sem terem provas sobre o que está sendo dito. SOMENTE serão publicados comentários com endereços de emails válidos, os quais não serão divulgados.

Faça um comentário

Seu email não será publicado. *

Visite-nos

Rua Washington Luiz, 186 - Bairro Centro - Porto Alegre - RS - CEP 90010-460

Telefones do Sindppd/RS:
Geral - (0xx51) 3213-6100
Secretaria - (0xx51) 3213-6121/ 3213-6122
Tesouraria - (0xx51) 3213-6117

E-mail: secretariageral@sindppd-rs.org.br