SETOR PRIVADO – Desconto Assistencial do Setor Privado: Trabalhador, é preciso entender o que está em jogo, as empresas já sabem faz tempo. Contribua com o sindicato!

2 1261
image_pdfimage_print

 

Colegas do Setor Privado,

a oposição ou não à CONTRIBUIÇÃO/ DESCONTO ASSISTENCIAL (valor correspondente a 1,5% de um salário, em uma única vez a ser descontado na FOLHA DE PAGAMENTO DE DEZEMBRO/2018, para cobrir os gastos de DUAS campanhas salariais) é um DIREITO DO TRABALHADOR DE TI. É APENAS o trabalhador e a trabalhadora de TI no RS quem deverá decidir, por sua consciência e LIVRE e ESPONTÂNEA vontade, se quer ou não contribuir financeiramente com o Sindppd/RS. Lembre que conquistamos o INPC INTEGRAL de dois períodos e auxílio alimentação de R$ 22,00.

Mesmo assim, empresas de TI estão, descaradamente, em nome de seus trabalhadores, enviando cartas de oposição ao desconto assistencial ao sindicato nesta semana. Enviaram as cartas de oposição em ENVELOPES TIMBRADOS DA PRÓPRIA EMPRESA, nem sequer escondendo a ação. Inclusive, vários envelopes de uma mesma empresa foram redigidos por uma única pessoa, mesmo sendo de remetentes diferentes.
 
Duas das referidas empresas já foram alvo de denúncias pelo Sindppd/RS: uma, por descumprimento da CCT (Convenção Coletiva) e, a outra, devido a más condições de trabalho por exigir que os trabalhadores permanecessem no ambiente de trabalho mesmo com falta de água.

As empresas de TI que pressionam, velada ou explicitamente, para que os trabalhadores se oponham ao desconto assistencial do Sindppd/RS são as mesmas que pagarão sua contribuição ao sindicato patronal (SEPRORGS) para que este siga forte e tentando retirar nossos direitos. O SEPRORGS cobra 1/30 avos da folha de pagamento do mês de Março de TODAS as empresas de TI. Mesmo as empresas que não têm funcionários são obrigadas a pagar um valor mínimo de contribuição: R$ 96,94 (campanha de 2017/2018) e R$ 118,50 (referente à campanha 2018/2019). Ou seja, as empresas serão cobradas nas duas campanhas salariais. O SEPRORGS também não permite que as empresas possam se opor à contribuição.

 

Portanto, colega, avalie sua atitude e, principalmente, NÃO CEDA À PRESSÃO DAS EMPRESAS. O direito à oposição à contribuição assistencial é um direito TEU, bem como tens direito à organização sindical. Caso a tua empresa esteja incentivando à oposição, pressionando ou até mesmo ameaçando, denuncie ao Sindppd/RS pelo email secretariageral@sindppd-rs.org.br . Todas as informações repassadas ao sindicato são sigilosas.

E se você está pensando em se opor à contribuição assistencial, reflita mais um pouco, colega. O Sindppd/RS só está arrecadando uma contribuição de 1,5% de um salário, em uma única vez a ser descontado na FOLHA DE PAGAMENTO DE DEZEMBRO/2018, para cobrir os gastos de DUAS campanhas salariais (2017/2018 e 2018/2019). Com muita resistência, conseguimos as reposições da inflação, aumentar o vale alimentação para R$ 22,00 e manter praticamente a totalidade dos direitos que constam em nossa CCT (Convenção Coletiva).

 

A realidade nos indica que teremos muitas dificuldades pela frente e, inclusive, na próxima campanha salarial. Cada vez mais é necessário que tenhamos um sindicato FORTE e ATUANTE para resistir às tentativas de retirada de direitos e fazer avançar em melhores salários e condições de trabalho.

 

 

INFORMAÇÕES SOBRE COMO SE OPOR AO DESCONTO ASSISTENCIAL, NESTE LINK: http://www.sindppd-rs.org.br/setor-privado-informacoes-importantes-sobre-a-contribuicao-assistencial-pelo-fechamento-de-2-negociacoes/

 
Portanto, contribua com o sindicato!

 

 
À luta,

Sindppd/RS

 

 

* Matéria alterada em 13/12/2018, às 12h06min, para retirar os nomes das empresas citadas sob pena de prejuízos ao sindicato

 

sindppd

Ver todos os artigos de sindppd

Similar articles

A seção de comentários no site do Sindppd/RS quer incentivar o debate entre os trabalhadores de TI e o sindicato. Também é um canal de denúncias e informações. Portanto, NÃO SERÃO publicados comentários pornográficos, ofensivos a pessoas ou entidades e nem discriminatórios (racistas, homofóbicos, de gênero ou de classe); que contenham publicidade ou palavras de baixo calão; e nem comentários que façam afirmações caluniosas ou difamatórias, sem terem provas sobre o que está sendo dito. SOMENTE serão publicados comentários com endereços de emails válidos, os quais não serão divulgados.

2 Comentários

  1. Rafaela 6 dezembro, 2018 - 14:24 à 14:24

    Boa tarde, prezados!

    Acho extremamente anti-ético a publicação deste artigo.
    Não é porque foi enviado no envelope da empresa, que fui coagida pela empresa.
    A empresa onde eu trabalho em momento algum coagiu isso.
    A empresa simplesmente cedeu o envelope a pedido, visto que eu não tinha envelope. E esse envelope poderia ser para qualquer outra necessidade, mas no meu caso foi para enviar a carta à vocês por não concordar com o desconto sindical.

    Sem mais.

    • sindppd 6 dezembro, 2018 - 15:12 à 15:12

      Opinião registrada, Rafaela. Mas além da tua carta, chegaram várias outras da mesma empresa, todas com o mesmo envelope.

      Att. Sindppd/RS

Faça um comentário

Seu email não será publicado. *

Visite-nos

Rua Washington Luiz, 186 - Bairro Centro - Porto Alegre - RS - CEP 90010-460

Telefones do Sindppd/RS:
Geral - (0xx51) 3213-6100
Secretaria - (0xx51) 3213-6121/ 3213-6122
Tesouraria - (0xx51) 3213-6117

E-mail: secretariageral@sindppd-rs.org.br