Quase metade dos domicílios brasileiros tem computador

Setor Privado 2017/2018: Agora sim, mediação da Campanha Salarial no TRT

5 1670
image_pdfimage_print

 

Nesta 5ª feira (9/08), às 10h30min, acontecerá a mediação da campanha salarial dos trabalhadores do Setor Privado no TRT (Tribunal Regional do Trabalho), em Porto Alegre (RS). A reunião será coordenada pelo vice-presidente do tribunal e estarão presentes representantes do sindicato e dos empresários (SEPRORGS).

Esta reunião é mais uma tentativa de avançarmos nas negociações da campanha salarial, em outro espaço que não seja a mesa de negociação. As tratativas da campanha salarial estão paradas, já que os empresários (SEPRORGS) querem RETIRAR direitos MUITO IMPORTANTES da nossa categoria!

 
Acompanhem o site do sindicato. Manteremos todos informados!

Não aceitaremos retirada de direitos, colegas da TI!

 
À luta!

 

 

Sindppd/RS

 

sindppd

Ver todos os artigos de sindppd

Similar articles

A seção de comentários no site do Sindppd/RS quer incentivar o debate entre os trabalhadores de TI e o sindicato. Também é um canal de denúncias e informações. Portanto, NÃO SERÃO publicados comentários pornográficos, ofensivos a pessoas ou entidades e nem discriminatórios (racistas, homofóbicos, de gênero ou de classe); que contenham publicidade ou palavras de baixo calão; e nem comentários que façam afirmações caluniosas ou difamatórias, sem terem provas sobre o que está sendo dito. SOMENTE serão publicados comentários com endereços de emails válidos, os quais não serão divulgados.

5 Comentários

  1. Tiago L. 2 agosto, 2018 - 14:30 à 14:30

    Quais são objetivos e expectativas do sindppd nesta importante reunião?

    • sindppd 3 agosto, 2018 - 14:35 à 14:35

      Tiago,

      que o TRT ajude a mediar o impasse da nossa Campanha Salarial. Não aceitaremos perdas importantes que o SEPRORGS está querendo nos impor e exigimos o reajuste. Já estamos chegando há 2 anos sem Convenção, emendando uma campanha na outra praticamente. É URGENTE que fechemos um acordo com os empresários, mas não da forma que estão querendo nos empurrar goela a baixo. Para teres uma ideia, o SEPRORGS insiste muito em derrubar a obrigação de acertar $$ as demissões no Sindppd/RS (serviço de homologação de rescisão dos contratos de trabalho), onde calculamos e não deixamos passar nada de prejuízo ao trabalhador. Esta é uma das reivindicações deles! Se isso é importante para uma entidade patronal, supõe-se o que os empresários alinhados ao SEPRORGS estão querendo fazer. Certamente, via “acordo” direto com os trabalhadores, pagar apenas parte da multa dos 40% do FGTS (ou nem pagar) e assim vai.

      Nada do que o SEPRORGS quer é bom para o trabalhador, apenas visa o benefício deles. O que nos restou foi fincar o pé.

      À luta!
      Comunicação Sindppd/RS

  2. Cesar 3 agosto, 2018 - 13:10 à 13:10

    Boa tarde
    Espero que no minimo venha 4% de reajuste, com retroativo total e a não retirada de direitos.
    NO MINIMO ISSO, senão nem adianta ir para votação.
    Valeu

  3. Mauricio P. 6 agosto, 2018 - 12:19 à 12:19

    Espero que não aconteça como em 2012 onde foi necessário 2 ou 3 anos para entrar em acordo!

  4. Leo Pereira 11 agosto, 2018 - 0:42 à 0:42

    Quanto de percentual o sindppd espera para esta convenção?

Faça um comentário

Seu email não será publicado. *

Visite-nos

Rua Washington Luiz, 186 - Bairro Centro - Porto Alegre - RS - CEP 90010-460

Telefones do Sindppd/RS:
Geral - (0xx51) 3213-6100
Secretaria - (0xx51) 3213-6121/ 3213-6122
Tesouraria - (0xx51) 3213-6117
Guias de Contribuição - (0xx51) 3213-6105

E-mail: secretariageral@sindppd-rs.org.br