SERPRO – Serpro publica norma TR 09. Será que a direção pretende cercear o direito dos trabalhadores de denunciar o desmonte da empresa?

1 94
image_pdfimage_print

 

Parece que os trabalhadores do SERPRO e suas representações (os sindicatos, FENADADOS e FNI) estão “incomodando” a implementação do desmonte e da privatização da empresa pelos diretores e pelo governo federal. Desde que a direção do SERPRO começou os ataques contra a empresa pública e os seus funcionários no final do ano passado, temos sido incessantes na defesa do SERPRO, denunciando este projeto privatista e os reais interessantes que estão por trás dele – e que não beneficiam a população brasileira, pelo contrário.

Pois agora, a direção do SERPRO resolveu empregar autoritarismo para tentar calar os trabalhadores e quem defende a empresa pública de TI. A empresa institui, recentemente, a norma TR 09 (CLIQUE AQUI para acessar), com o nome “CULTIVO E PRESERVAÇÃO DA IMAGEM POSITIVA DA EMPRESA”, em que lança uma série de restrições à utilização do nome da empresa SERPRO e a citação de seus serviços, especialmente nas redes sociais. A direção colocou o setor de comunicação e marketing da empresa para fazer o monitoramento das redes sociais e de publicações na internet. A norma ainda prevê ações judiciais em situações que achar o conteúdo agressivo ou prejudicial.

No Brasil, já existem leis que amparam e protegem a imagem das empresas. Publicar uma norma interna para tratar especificamente deste assunto em meio ao processo de desmonte do SERPRO pelo governo federal tem o único sentido de amedrontar e querer calar os trabalhadores e suas representações.

Em nenhum momento, a norma determina que se identifique uma possível correção dos fatos ou a busca de melhoria dos procedimentos da empresa caso ocorra pretensa agressão à imagem do SERPRO.

A assessoria jurídica do Sindppd/RS fez uma análise crítica sobre a norma TR 09. CLIQUE AQUI para acessar, está bem interessante

Não nos calaremos! Os trabalhadores e as representações têm sido importantíssimos na defesa do SERPRO, uma empresa PÚBLICA, denunciando as irregularidades e ilegalidades cometidas pelas várias gestões que já passaram pela direção da empresa. Diferente dos governos e das direções, que passam pelas empresa, nós trabalhadores permanecemos.

Nós temos compromisso com os serviços de qualidade que prestamos à população e ao governo brasileiro e sabemos da importância de um SERPRO forte, sustentável financeiramente e PÚBLICO!

 

 
Sindppd/RS

 

sindppd

Ver todos os artigos de sindppd

Similar articles

A seção de comentários no site do Sindppd/RS quer incentivar o debate entre os trabalhadores de TI e o sindicato. Também é um canal de denúncias e informações. Portanto, NÃO SERÃO publicados comentários pornográficos, ofensivos a pessoas ou entidades e nem discriminatórios (racistas, homofóbicos, de gênero ou de classe); que contenham publicidade ou palavras de baixo calão; e nem comentários que façam afirmações caluniosas ou difamatórias, sem terem provas sobre o que está sendo dito. SOMENTE serão publicados comentários com endereços de emails válidos, os quais não serão divulgados.

1 comentário

  1. Anônimo 10 setembro, 2020 - 16:27 à 16:27

    Gostaria de saber saber se o SINDPD como um todo vai entrar com alguma representação contra esta norma que visa de forma escancarada silenciar todos os funcionários, para não deixar passar aos futuros compradores, em uma eventual privatização, uma imagem negativa da empresa.

Faça um comentário

Seu email não será publicado. *

Visite-nos

Rua Washington Luiz, 186 - Bairro Centro - Porto Alegre - RS - CEP 90010-460

Telefones do Sindppd/RS:
Geral - (0xx51) 3213-6100
Secretaria - (0xx51) 3213-6121/ 3213-6122
Tesouraria - (0xx51) 3213-6117

E-mail: secretariageral@sindppd-rs.org.br