1

SERPRO – A PLR é dos trabalhadores! Precisamos eleger nossos representantes na Comissão!

 

Desprezando a legislação vigente e a representação coletiva dos trabalhadores legalmente instituída por meio dos sindicatos e da FENADADOS, a diretoria do SERPRO convoca uma eleição para criação de uma comissão paritária a fim de discutir o PLR 2022. Historicamente, a negociação do PLR sempre se deu por meio de Acordo Coletivo, com a participação de todos os trabalhadores em assembleia. Mas a empresa, mais uma vez, usurpa as prerrogativas dos sindicatos e organizando ela mesma os trabalhadores, num processo de eleição expressa de uma Comissão Paritária, na qual sequer podemos saber como pensam os candidatos.

Na eleição passada, a votação foi baixíssima por conta da revolta dos trabalhadores com o rompimento das negociações praticado pela empresa, que queria aprovar a qualquer custo a sua proposta. Foram apenas 1.241 votos válidos e, com isso, foram eleitos 3 gerentes para representar os trabalhadores. A empresa indicou mais 3 gerentes, e a Comissão foi inicialmente composta apenas por gerentes, o que certamente agradou bastante a diretoria. As reuniões dessa Comissão foram mera encenação para travestir uma decisão da diretoria de legitimidade.

Diante de tais fatos, algumas lideranças se organizaram e, com apoio da FNI e da FENADADOS, decidiram indicar 3 candidatos, que têm histórico de comprometimento com os empregados. Contudo, o formato da eleição é pernicioso, permitindo que votemos em apenas um candidato, sendo os 3 mais votados eleitos como titulares da comissão. Desta forma, basta que a diretoria faça lobby e eleja apenas um dos titulares, e já terá maioria na comissão, como ocorreu no ano passado. Por isso, é importante obedecermos uma estratégia de votação por Regional. 

 

Assim, sugerimos aos trabalhadores distribuir a votação por regional, da seguinte forma:

Empregados lotados nas regionais Belém, Fortaleza, Recife, Salvador e Florianópolis, pedimos que votem no colega Daniel Lima Fernandes, de Fortaleza;

 

Empregados lotados nas regionais Brasília, Belo Horizonte e Curitiba, que votem no colega Fabricio Puttini Calza, de Brasília;

 

# Empregados lotados nas regionais Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre, que votem no colega André dos Santos Gianini, do Rio de Janeiro.

 

Aos colegas que se candidataram, se concordarem em apoiar esta iniciativa, sugerimos que retirem suas candidaturas para não gerar confusão.

O objetivo desse grupo, se eleito, é devolver a decisão sobre a PLR para os trabalhadores,  titulares do direito, por meio de reuniões com ampla participação e, se possível, com assembleias. E a construção das propostas será debatida com as representações da categoria.

Os candidatos são: Andre Gianini, do RJ; Daniel Fernandes, do CE; e Fabricio Calza, do DF.
Trabalhador e trabalhadora, vote em quem pode te representar!

FNI
* Post retirado do BLOG da FNI