220316assembleia_procempa_DESTAQUE

Reposição salarial e concurso público são destaques na Campanha Procempa 22/23

0 159
image_pdfimage_print


ATUALIZAÇÃO em 4/04/2022: a pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2022/2023 foi protocolada em 30 de Março junto à empresa. CLIQUE AQUI para acessar

 

Assembleia de abertura da Campanha Salarial, com a aprovação da pauta de reivindicações, ocorreu de forma remota e contou com a participação de cerca de 70 trabalhadores e trabalhadoras na tarde dessa 4ª feira (16/03). Presentes também encaminharam a necessidade de discutir um novo formato de trabalho pós pandemia com a direção da empresa, incluindo a alternativa de home office, e trataram dos novos ataques contra a PROCEMPA pública.

 

Em relação à campanha salarial, a  CT (comissão de trabalhadores) e o Sindppd/RS apresentaram aos colegas a pauta de reivindicações construída a partir do documento do ano passado, adicionado de novas sugestões organizadas pelo sindicato e pela Comissão dos Trabalhadores. Alguns itens da proposta foram debatidas e sendo alteradas pela assembleia, que acordou a pauta de reivindicações sem divergências.

220316assembleia_procempa-2Três temas tomaram o maior tempo da discussão. Entre eles, a luta pela reposição nos salários e benefícios e a necessidade urgente do Concurso Público – que inicialmente prevê em torno de 37 vagas, mas foi apontado que a carência é muito maior para acabar com a famosa desculpa de que a PROCEMPA não pode atender as necessidades da prefeitura por conta da falta de profissionais. Outro assunto bastante conversado foi sobre a necessidade de que seja aberto o debate e construída uma proposta, o mais breve possível, sobre as alternativas de organização do trabalho no pós pandemia: trabalho em home office; trabalho híbrido; parte presencial, parte em teletrabalho etc. Na pauta, irá constar uma sugestão de prazo de 60 dias para que o grupo de trabalho apresente uma proposta.

 

A pauta foi aprovada pela maioria da assembleia com apenas 1 abstenção. As principais reivindicações desta campanha salarial são:

# Reposição das perdas salariais e dos benefícios pelo IPCA do período;
# Recuperação das perdas que ficaram da campanha salarial passada (3,76%) conforme o previsto no ACT de 2021;
# Realização de concurso público imediato, o último foi realizado em 2014;
# Manutenção de todas as cláusulas do ACT atual;
# Defesa da PROCEMPA Pública e direito dos trabalhadores de eleger um diretor da companhia, conforme prevê a Lei Orgânica do município.

 

Todos os demais itens que constavam no edital da assembleia, relativos à organização da Campanha Salarial, também foram aprovados amplamente, entre eles os poderes ao sindicato para negociação, o desconto da contribuição assistencial a definição do percentual ao final da campanha e a manutenção da assembleia em aberto.

 

GOVERNO MELO AVANÇA COM DESMONTE DA PROCEMPA PÚBLICA. Não podemos permitir!

Os trabalhadores presentes na assembleia conversaram por um longo tempo sobre o movimento da prefeitura de Porto Alegre de retirar sistemas importantes das mãos da PROCEMPA e repassar para a iniciativa privada. O mais recente caso é o SAGEFI, sistema “doado” pelo governo de Santa Catarina para atender a Secretaria da Fazenda, uma área importantíssima e que requer muito cuidado. Com isso, a prefeitura quer contratar uma empresa para fazer a customização do sistema a custo elevadíssimo. O município já teve prejuízos há anos atrás com a contratação do SIAT, sistema que, após muitos erros – que inclusive geraram perda de arrecadação financeira para a capital – foi devolvido para que o corpo funcional da PROCEMPA “desse um jeito”. Parece que o Governo Melo e a direção da empresa não aprenderam nada com isso. Ou nem se importam!

Além disso, a prefeitura voltou a insistir com a compra do sistema GSAN para o DMAE (Departamento Municipal de Água e Esgotos), em detrimento do ACQUA que foi proposto pela PROCEMPA, e planeja adquirir um sistema de fora da empresa para o DMLU (Departamento Municipal de Limpeza Urbana).

A CT PROCEMPA e o sindicato alertavam há tempos que o objetivo do Governo Melo é esvaziar a PROCEMPA para beneficiar empresários de TI da iniciativa privada. E tudo ocorre com a conivência da direção da empresa e, infelizmente, até de alguns poucos trabalhadores de carreira. A representação dos trabalhadores está tomando medidas para buscar evitar todos os absurdos da gestão Melo/Ricardo Gomes e precisa do apoio da categoria para impedir essas compras escandalosas e que colocam o futuro da PROCEMPA em risco.

Os cargos e os governos passam, mas os trabalhadores ficam. Chamamos a todos e a todas que se preocupam realmente com o futuro da empresa pública, com o serviço que ela presta e com os seus empregos a se juntar com a CT, o sindicato e com os demais colegas NESTA LUTA EM DEFESA DA PROCEMPA PÚBLICA! Participem das reuniões e das assembleias convocadas pela CT e pelo sindicato!

 

Sindppd/RS

 

sindppd

Ver todos os artigos de sindppd

Similar articles

A seção de comentários no site do Sindppd/RS quer incentivar o debate entre os trabalhadores de TI e o sindicato. Também é um canal de denúncias e informações. Portanto, NÃO SERÃO publicados comentários pornográficos, ofensivos a pessoas ou entidades e nem discriminatórios (racistas, homofóbicos, de gênero ou de classe); que contenham publicidade ou palavras de baixo calão; e nem comentários que façam afirmações caluniosas ou difamatórias, sem terem provas sobre o que está sendo dito. SOMENTE serão publicados comentários com endereços de emails válidos, os quais não serão divulgados.

Faça um comentário

Seu email não será publicado. *

Visite-nos

Rua Washington Luiz, 186 - Bairro Centro - Porto Alegre - RS - CEP 90010-460

Telefones do Sindppd/RS:
Geral - (0xx51) 3213-6100
Secretaria - (0xx51) 3213-6121/ 3213-6122
Tesouraria - (0xx51) 3213-6117

E-mail: secretariageral@sindppd-rs.org.br