170912assembleiaprocergs_DESTAQUE

Procergs retoma mobilizações da Campanha Salarial. Agora, é paralisação de 2h!

0 123
image_pdfimage_print

 

E se não houver avanços na negociação, trabalhadores entrarão em GREVE a partir de 3 de Outubro.

Mais de 200 trabalhadores da PROCERGS aprovaram retomar as mobilizações da Campanha Salarial na assembleia realizada na tarde dessa terça-feira (12/09). Por ampla maioria, os presentes deliberaram por fazer paralisações de 2h nas TERÇAS e QUINTAS-FEIRAS, intercalando mobilizações nos turnos da manhã e da tarde. Uma minoria defendia que as paralisações tivessem duração de 1h.

Sendo assim, o calendário reinicia nesta QUINTA-FEIRA (14/09), com paralisação de 2h, das 9h às 11h (está agendada reunião da CT PROCERGS com a empresa/GAE e PGE para às 10h), e segue a intercalação, conforme mostramos abaixo. Caso chova em alguma das datas, a mobilização será transferida automaticamente para o dia seguinte.

 

 

Veja como fica o calendário:

14 de Setembro (QUINTA-FEIRA): das 9h às 11h* (acompanhando a reunião da CT PROCERGS com o GAE/PGE e a empresa)
19 de Setembro (TERÇA-FEIRA):  das 9h às 11h
21 de Setembro (QUINTA-FEIRA): das 15h às 17h
26 de Setembro (TERÇA-FEIRA): das 9h às 11h
28 de Setembro (QUINTA-FEIRA): das 15h às 17h

 

*A assembleia também discutiu e encaminhou que, caso ocorra alguma negociação, os trabalhadores irão PARALISAR DURANTE TODO O TEMPO EM QUE DURAR A REUNIÃO para pressionar a direção da PROCERGS a avançar. Por isso que, nesta quinta-feira, a mobilização será de manhã.

 

 

 

 
Indicativo de GREVE a partir de 3 de Outubro

Junto com o novo calendário de mobilização, os trabalhadores também definiram que se a direção da PROCERGS e o governo estadual não avançarem nas negociações da Campanha Salarial, irão entrar em GREVE POR TEMPO INDETERMINADO a partir de 3 de Outubro.

Uma nova assembleia será realizada em 2 de Outubro para avaliar e referendar a paralisação total.

 

170912assembleiaprocergs_1170912assembleiaprocergs_2

170912assembleiaprocergs_3170912assembleiaprocergs_4

170912assembleiaprocergs_5170912assembleiaprocergs_6

170912assembleiaprocergs_7170912assembleiaprocergs_8

 

 

Nossa força está na união dos trabalhadores. Todos e todas ao pátio!

Passamos 2 meses da nossa data-base e, até agora, a direção da PROCERGS e o Governo Sartori  nem se mexeram para tratar das nossas reivindicações. Nos devem ainda 4,53% do INPC de 2016 que, somados à inflação deste ano, totaliza mais de 7,3% de reposição salarial.   Lembramos que esses 4,53% não foram clausulados no ACT (Acordo Coletivo); ficaram na informalidade das negociações e na promessa do “eu dou a minha palavra”.  Ou seja: não temos nenhuma garantia legal que obrigue a direção da PROCERGS e o governo estadual a nos pagar.

Além disso, campanhas salariais de outras categorias não nos antecipam boas notícias. Na campanha salarial dos trabalhadores da CORSAN, cuja data-base é em Maio, o Governo Sartori ofereceu o reajuste salarial e dos benefícios pelo INPC, mas pagando apenas PARTE dos RETROATIVOS (2% retroativo à Maio e 1,95% para Dezembro). E ainda quer retirar direitos dos trabalhadores. Para ver a proposta oferecida pela CORSAN, clique AQUI.

As nossas únicas garantias são a nossa UNIÃO e a nossa disposição para ir à LUTA pelos nossos direitos. Por isso, colegas da PROCERGS, cada um e cada uma são muito importante e fazem falta no nosso movimento. Tod@s ao pátio nas paralisações!

 

 

 

Plebiscito sobre a PRIVATIZAÇÃO DA PROCERGS: em defesa da TI pública e dos nossos empregos

 

faixa2PROCERGS

 

Representantes da CT PROCERGS e do Sindppd/RS estiveram novamente nessa terça-feira (12/09) na sessão da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) na Assembleia Legislativa, para acompanhar a apreciação dos PL (projeto de lei) e PDL (Projeto de Decreto Legislativo) que tratam do plebiscito do governo estadual sobre a privatização de várias empresas e órgãos públicos, entre eles a PROCERGS. Novamente, não teve quórum para que esses projetos fossem analisados.

No entanto, o trâmite deles poderá avançar  a qualquer momento, e precisamos estar preparados para defender a PROCERGS, colegas. Em um artigo divulgado nesta semana no portal Baguete, o diretor da ASSESPRO-RS (Associação das Empresas Brasileiras de TI no RS), Augusto Bueno, deixa bem claro quem são os interessados pela privatização da PROCERGS e pela redução na atuação das empresas públicas de TI: https://www.baguete.com.br/noticias/11/09/2017/concorrencia-desleal

 

 

Todos e todas à PARALISAÇÃO DE 2h NESTA QUINTA-FEIRA (14/09), das 9h às 11h, em frente à sede da empresa. À luta por avanços na campanha salarial, pelos nossos direitos e em defesa da PROCERGS pública!

 

 

Sindppd/RS

 

sindppd

Ver todos os artigos de sindppd

Similar articles

A seção de comentários no site do Sindppd/RS quer incentivar o debate entre os trabalhadores de TI e o sindicato. Também é um canal de denúncias e informações. Portanto, NÃO SERÃO publicados comentários pornográficos, ofensivos a pessoas ou entidades e nem discriminatórios (racistas, homofóbicos, de gênero ou de classe); que contenham publicidade ou palavras de baixo calão; e nem comentários que façam afirmações caluniosas ou difamatórias, sem terem provas sobre o que está sendo dito. SOMENTE serão publicados comentários com endereços de emails válidos, os quais não serão divulgados.

Faça um comentário

Seu email não será publicado. *

Visite-nos

Rua Washington Luiz, 186 - Bairro Centro - Porto Alegre - RS - CEP 90010-460

Telefones do Sindppd/RS:
Geral - (0xx51) 3213-6100
Secretaria - (0xx51) 3213-6121/ 3213-6122
Tesouraria - (0xx51) 3213-6117
Guias de Contribuição - (0xx51) 3213-6105

E-mail: secretariageral@sindppd-rs.org.br