PROCERGS – HOJE (7/08), às 13h30min, tem ASSEMBLEIA DOS TRABALHADORES. Participe!

0 34
image_pdfimage_print

 

Colegas da PROCERGS,

 

HOJE (7/08), às 13h30min, tem a ASSEMBLEIA DOS TRABALHADORES em frente à sede da empresa, em Porto Alegre (RS).

 

 

Na última reunião, ouvimos da empresa e do GAE a reafirmação da mesma proposta que impõe aos trabalhadores da PROCERGS importantes PERDAS:

# Reajuste ZERO de salários e dos benefícios;
# Retira o programa de PPR (retira 1 salário por atingimento de metas);
# Retira Anuênios e Quinquênios, congelando o que existe atualmente (novas gerações ficarão sem esta conquista);
# Retira revisão do PEFS (única possibilidade de revisão do sistema de promoções na empresa, que já conta com trabalhadores desde 2013 sem promoção);
# Retira cláusula de prorrogação da vigência/ ultratividade (o que hoje garante os benefícios, já vencidos pela data-base de 1º de Julho de 2019);
# Impõe cláusula de compensação de horas diferente da negociada com os trabalhadores

 

A argumentação é de que não tem verba para os reajustes dos trabalhadores, mas EXISTE verba aprovada para outras rubricas como para pagamento das empresas em Fábrica de Softwares, e também foi dito que os jovens da NOVA geração NÃO têm como principal bandeira a questão SALARIAL!

 

 

Na contrapartida, levamos números do próprio ESTADO para a mesa:

# O governo do Estado não atingiu o limite prudencial da LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal) que é de 57%. O RS está com 54,47% de despesa com pessoal em 2018 e caindo em relação à 2017;

# O custo da PROCERGS é de menos de 0,40%  do Orçamento TOTAL do Estado. A empresa contribui exponencialmente para a arrecadação TOTAL do RS; a principal arrecadação é o ICMS e tem crescimento de 5,09% ACIMA da inflação (3,43% em 2018) do principal. Fonte: SEFAZ, CAGE e portais de Transparência do RS;

# Contabilizando 2019, o Estado do RS já deve perto de R$ 26 milhões para a PROCERGS em serviços prestados;

# As medições de transações por força do trabalho na PROCERGS totalizam uma produtividade de 38% dos trabalhadores (considerando 2018 em relação à 2017) e tendem a aumentar com os desligamentos de pessoal na ordem de 10% do quadro. Quanto menos trabalhadores, mais a produtividade do quadro, e mais responsabilidades e projetos para cada trabalhador que já labora em média de 4 a 5 projetos simultâneos.

 

TODOS temos motivos pra querer nossos DIREITOS garantidos e nossos SALÁRIOS corrigidos!

 

 

Todos e todas à assembleia!   

 

 

Sindppd/RS

sindppd

Ver todos os artigos de sindppd

Similar articles

A seção de comentários no site do Sindppd/RS quer incentivar o debate entre os trabalhadores de TI e o sindicato. Também é um canal de denúncias e informações. Portanto, NÃO SERÃO publicados comentários pornográficos, ofensivos a pessoas ou entidades e nem discriminatórios (racistas, homofóbicos, de gênero ou de classe); que contenham publicidade ou palavras de baixo calão; e nem comentários que façam afirmações caluniosas ou difamatórias, sem terem provas sobre o que está sendo dito. SOMENTE serão publicados comentários com endereços de emails válidos, os quais não serão divulgados.

Faça um comentário

Seu email não será publicado. *

Visite-nos

Rua Washington Luiz, 186 - Bairro Centro - Porto Alegre - RS - CEP 90010-460

Telefones do Sindppd/RS:
Geral - (0xx51) 3213-6100
Secretaria - (0xx51) 3213-6121/ 3213-6122
Tesouraria - (0xx51) 3213-6117

E-mail: secretariageral@sindppd-rs.org.br