PROCEMPA – Secretarias e empresas do município estão contratando serviços por fora da PROCEMPA. Enfraquecer a empresa de TI pública é um erro!

0 167
image_pdfimage_print

 

Apesar dos últimos elogios feitos pelo prefeito Marchezan Jr. aos serviços entregues pela PROCEMPA, há um esforço para viabilizar a contratação de outros prestadores e fornecedores para os serviços essencialmente oferecidos pela companhia. De acordo com a lei de criação da PROCEMPA, a prestação de serviços de informática, telemática, teleinformática, telecomunicações, assessoramento técnico aos Órgãos da Administração Direta e Indireta do Município deverão ser realizados pela empresa, salvo no caso desta já ter esgotado sua capacidade de produção. Desta forma, a prática de tais contratações é seriamente questionável.

Diante desta situação, espera-se que a administração da empresa adote medidas políticas, administrativas e, em última instância, jurídicas para garantir que a PROCEMPA continue sendo o principal fornecedor de soluções de TI do município. Porém, a direção parece adotar uma postura passiva ao que vem ocorrendo, gerando impacto negativo no faturamento e na imagem da empresa dentro e fora da PMPA.

Houve grande expectativa dos trabalhadores em relação à nova direção, uma vez que a nomeação de um novo diretor técnico, por exemplo, era uma reivindicação dos trabalhadores. Esperava-se que a direção recém chegada trabalhasse para fortalecer a companhia, inclusive contra as políticas privatistas e neoliberais adotadas pelo atual governo.

Meses após a nomeação do novo diretor técnico, continuamos sem saber quais são os projetos e objetivos dessa direção para a companhia. Os trabalhadores da PROCEMPA conhecem o funcionamento, o potencial e o histórico da empresa e estão dispostos a contribuir com a direção na construção de estratégias de valorização e fortalecimento da PROCEMPA, melhoria dos processos de trabalho e estrutura organizacional.

É necessário e urgente que a direção da empresa tome medidas para sair desta condição imposta pelo projeto privatista da prefeitura. Não é possível que a empresa pública, com um capital técnico inestimável, seja enfraquecida e jogada para escanteio. A privatização de serviços usada em outros momentos, a exemplo do SIAT e sistemas da saúde, já se demonstrou ineficiente, mais cara e prejudicial para o município. Qual o motivo em insistir no erro?

 

CT PROCEMPA e Sindppd/RS

 

sindppd

Ver todos os artigos de sindppd

Similar articles

A seção de comentários no site do Sindppd/RS quer incentivar o debate entre os trabalhadores de TI e o sindicato. Também é um canal de denúncias e informações. Portanto, NÃO SERÃO publicados comentários pornográficos, ofensivos a pessoas ou entidades e nem discriminatórios (racistas, homofóbicos, de gênero ou de classe); que contenham publicidade ou palavras de baixo calão; e nem comentários que façam afirmações caluniosas ou difamatórias, sem terem provas sobre o que está sendo dito. SOMENTE serão publicados comentários com endereços de emails válidos, os quais não serão divulgados.

Faça um comentário

Seu email não será publicado. *

Visite-nos

Rua Washington Luiz, 186 - Bairro Centro - Porto Alegre - RS - CEP 90010-460

Telefones do Sindppd/RS:
Geral - (0xx51) 3213-6100
Secretaria - (0xx51) 3213-6121/ 3213-6122
Tesouraria - (0xx51) 3213-6117

E-mail: secretariageral@sindppd-rs.org.br