NÃO À PRIVATIZAÇÃO DO SERPRO E DA DATAPREV! – Trabalhadores da DATAPREV aderem ao indicativo nacional de ato unificado contra privatização em 3 de Dezembro

1 64
image_pdfimage_print

 

Colegas da DATAPREV do Rio Grande do Sul realizaram uma assembleia nesta 3ª feira (26/11) em Porto Alegre para tratar do processo de privatização da empresa pelo Governo Bolsonaro/Paulo Guedes. No final da semana passada, o site de notícias especializado em TI, Capital Digital, publicou a informação de que a diretoria da DATAPREV decidiu extinguir 20 unidades regionais e demitir todos os funcionários.

A informação do site é baseada na carta-convite enviada pela Superintendência de Gestão de Pessoas (SUPE) aos funcionários da empresa, na qual o diretor José Porphirio Araújo de Miranda diz que a direção decidiu centralizar as atividades da DATAPREV nos estados em que há UDs/ Unidades de Desenvolvimento (Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Santa Catarina e Rio de Janeiro) e Datacenters (São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília). Todos os demais escritórios, inclusive o do Rio Grande do Sul, serão extintos: Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rondônia, Roraima, Sergipe e Tocantins.

Na carta, é dado o prazo de até 17/01/2020 para que o trabalhador manifeste se tem vontade em ser transferido para algum dos estados em que a DATAPREV permanecerá funcionando. A diretoria não disse o que fará com os trabalhadores que não aceitarem a transferência.

A assembleia dos colegas em Porto Alegre (RS) ficou marcada por muita indignação dos trabalhadores presentes. Mesmo abalados com a decisão da empresa, encaminharam deliberações semelhantes aos trabalhadores da DATAPREV no Sergipe e se somam ao indicativo nacional dos sindicatos da FNI, FENADADOS e seus sindicatos de realizar um ATO UNIFICADO com os trabalhadores do SERPRO em 3 de Dezembro (3ª feira que vem), em todo o país, por conta do aniversário de 55 anos do SERPRO.

Eles repudiaram o posicionamento da direção da empresa/governo que está desmontando a DATAPREV, pressionando pela transferência desnecessária de colegas, desorganizando a vida dos trabalhadores, ameaçando com fechamento de escritórios e várias outras medidas que buscam a privatização da DATAPREV.

 

 

Seguem, abaixo, as deliberações da assembleia dos trabalhadores da DATAPREV no Rio Grande do Sul:

1 – Continuar contato com parlamentares federais, estaduais e municipais para denunciar e buscar apoio contra o fechamento dos escritórios e a privatização;

2 – Construir alternativas jurídicas contra as possíveis transferências de trabalhadores;

3 – Sensibilizar os trabalhadores dos estados que têm centros de dados e UDs para a importância da solidariedade, pois o desmonte e a privatização atingirá a todos, mais cedo ou mais tarde;

4 – Divulgação, inclusive paga, se necessário, em veículo nacional, dos riscos dos dados da população frente à privatização;

5 – Denunciar na mídia a falta de transparência, a ausência de diálogo com os trabalhadores e o autoritarismos da empresa/governo em impor uma agenda de privatização;

6 – Realizar um ato unificado com os trabalhadores do SERPRO no dia 3 de Dezembro, dia no aniversário da empresa, com uso das camisas contra a privatização da DATAPREV e do SERPRO

 

 

Aqui no Rio Grande do Sul, resistiremos até o fim!  Convocamos os trabalhadores dos demais estados a se somarem na RESISTÊNCIA!

 

Não à privatização do SERPRO e da DATAPREV!

Em defesa da soberania tecnológica brasileira!

 

 

Sindppd/RS

 

sindppd

Ver todos os artigos de sindppd

Similar articles

A seção de comentários no site do Sindppd/RS quer incentivar o debate entre os trabalhadores de TI e o sindicato. Também é um canal de denúncias e informações. Portanto, NÃO SERÃO publicados comentários pornográficos, ofensivos a pessoas ou entidades e nem discriminatórios (racistas, homofóbicos, de gênero ou de classe); que contenham publicidade ou palavras de baixo calão; e nem comentários que façam afirmações caluniosas ou difamatórias, sem terem provas sobre o que está sendo dito. SOMENTE serão publicados comentários com endereços de emails válidos, os quais não serão divulgados.

1 comentário

  1. Eduardo 29 novembro, 2019 - 21:04 à 21:04

    LOBO EM PELE DE CORDEIRO

    Caio se apresentou no SERPRO via videoconferência: falou no máximo uns 10 minutos, se autoelogiou e encerrou o monólogo mandando todo mundo trabalhar. Um linguajar de empresário privado acostumado a mandar, sem nenhuma cerimônia. Alguns colegas desavisados acharam o máximo, enfim um homem de trabalho e competente!
    Os interventores ligaram a máquina da destruição e querem passar por cima de todas e de todos, esta é a decisão já tomada, e se depender deles não irão arredar pé, pois estão nas nossas empresas para isso.

    PERFEITA SUA DESCRIÇÃO, ESTOU ACOMPANHADO TUDO AQUI DE SP, BEM PERTINHO, ATENTO.
    BEM PERTO DE CAIO, NOSSO PRESIDENTE, E É EXATAMENTE ISTO QUE ESTÁ ACONTECENDO. O AMBIENTE NÃO É MAIS O MESMO NA EMPRESA. RECLAMAÇÕES, TENSÕES, E ATÉ MESMO ARRANCA RABOS POR TODO LADO, COISA IMPENSÁVEL A POUCO TEMPO ATRÁS.

    E AS PALESTRAS E TREINAMENTOS ENTÃO, AS PARA OS LÍDERES SÃO AS PIORES.
    FALAM EM UMA EFICIÊNCIA UTÓPICA, NÃO HUMANA, DE MÁQUINA, ATÉ ROBÔS SÃO LEVADOS AO AUDITÓRIO PARA IMPRESSIONAR. FALAM DE IA, CARROS VOADORES, ENGENHARIA GENÉTICA, EXPLORAÇÃO A MARTE, DOWNLOAD DE MEMÓRIAS CEREBRAIS EM MÍDIA, E CLARO, FOCAM BEM OS MILHARES DE EMPREGOS QUE DEIXARÃO DE EXISTIR NESTE PROCESSO TODO.

    E TUDO ISTO É JUSTIFICADO COM O NOVO PARADIGMA DE MUNDO “VUCA”, UM MUNDO DE ALTA VOLATILIDADE E COMPETIÇÃO DESUMANA, TOTALMENTE AMORAL. MUNDO ESTE QUE TEREMOS, SEGUNDO ELES, NOS ADAPTAR A TODO E A QUALQUER CUSTO.

    E NO MEIO DISTO TUDO, COMO SE NÃO BASTASSE, SOLTAM PÉROLAS DE INSANIDADE COMO:

    SABEMOS QUE MUITAS PESSOAS ESTÃO ADOECENDO PELA PRESSÃO, MAS NÃO TEMOS ESCOLHA, SÓ IR PARA FRENTE, SER CRIATIVOS E NOS ADAPTAR. O MUNDO É DOS MAIS APTOS. AOS OUTROS RESTARÁ FICAR A MARGEM DA NOVA E EMOCIONANTE HISTÓRIA QUE ESTÁ SOMENTE SE INICIANDO. E VOCÊS COMO REPRESENTANTES DESTA EMPRESA DE PONTA DE TI NÃO PODEM FICAR PARA TRÁS.
    CRIARAM ATÉ MESMO UMA NOVA DEFINIÇÃO, A DE ALIENADOS, PARA OS FUNCIONÁRIOS QUE SERÃO DEIXADOS DE LADO, POR SEREM RESISTENTES, NÃO ADAPTÁVEIS, TORNANDO-SE ASSIM UM PESO PARA A ORGANIZAÇÃO.

    OU, AS NORMAS E/OU LEIS IMPEDITIVAS A PRODUÇÃO E A PRODUTIVIDADE DEVEM SER DESOBEDECIDAS, MUDADAS E FINALMENTE EXTINTAS.

    OU AINDA, UM DOS COLABORADORES DA NOVA PLATAFORMA DE TREINAMENTO DO SERPRO DIZ:

    NA NOSSA EMPRESA NÓS TEMOS A SEGUINTE METODOLOGIA PARA TREINARMOS OS COLABORADORES.
    ELES TEM QUE CODIFICAR EM 40 MINUTOS UMA TAREFA. COLOCAMOS O TIMER EM UMA TELA BEM GRANDE PARA OS PRESSIONAR PSICOLOGICAMENTE. NO INÍCIO EU SÓ FICO COM CARA DE POUCOS AMIGOS, BOTANDO PRESSÃO COM O OLHAR. DEPOIS DE UM TEMPO PEGO UM MEGAFONE E COMEÇO A GRITAR DIZENDO QUE O TEMPO ESTÁ ACABANDO, QUE ELES ESTÃO ATRASADOS E SE CONTINUAR DESTA MANEIRA SERÃO REPROVADOS. OS QUE AGUENTAM A TREMENDA PRESSÃO SAEM DE LÁ JÁ PREPARADOS PARA TUDO, PARA QUALQUER DESAFIO.

    PARECE QUE É EXATAMENTE ISTO QUE OS CHEFES ESTÃO SENDO PREPARADOS PARA FAZER.
    E VAI FACILITAR BEM ESTA TAREFA, AS NOVAS NORMAS DE AVALIAÇÃO BASEADAS EM UMA MÉTRICA DE PRODUTIVIDADE MAIS ACURADA. PREPARANDO CLARO, O TERRENO PARA DEMISSÕES SEM JUSTA CAUSA.

    POR ISTO AFIRMO, SUA DESCRIÇÃO É PRECISA, ESTE PESSOAL NÃO TEM MESMO NENHUMA MÍNIMA BOA INTENÇÃO, AO CONTRÁRIO, SÃO PREDADORES PRESTES A ESTRAÇALHAR SUAS PRESAS.

    FIQUEM ATENTOS, NÃO USEM A TÁTICA DO AVESTRUZ, POIS SÓ FACILITA A VIDA DESTES PREDADORES.

    ACORDEM ENQUANTO É TEMPO!

    http://fnialternativa.blogspot.com/2019/11/serpro-e-dataprev-estao-sob-intervencao.html

Faça um comentário

Seu email não será publicado. *

Visite-nos

Rua Washington Luiz, 186 - Bairro Centro - Porto Alegre - RS - CEP 90010-460

Telefones do Sindppd/RS:
Geral - (0xx51) 3213-6100
Secretaria - (0xx51) 3213-6121/ 3213-6122
Tesouraria - (0xx51) 3213-6117

E-mail: secretariageral@sindppd-rs.org.br