NÃO À PRIVATIZAÇÃO DO SERPRO E DA DATAPREV: Presidente do SERPRO reafirma decisão de desmonte e de privatização das empresa. É preciso e possível resistir!

0 77
image_pdfimage_print

 

Após exatamente uma semana do anúncio da privatização do SERPRO pelo ministro Paulo Guedes, o presidente  Caio Mario Paes de Andrade resolveu se manifestar nessa 4ª feira (28/08). Em um “pergunta e resposta” enviado aos funcionários, ele deixou claro que irá colocar em prática a decisão do governo federal de DESMONTAR para preparar a PRIVATIZAÇÃO da empresa.

O objetivo, diz em síntese o comunicado, é de aprimorar o DESEMPENHO da empresa, para aumentar seu valor numa possível privatização. Para isso, trabalhadores poderão ser assediados para aderir a PDVs (programas de demissão voluntária). Isso mesmo, colegas do SERPRO: na língua dos privatistas, DEMISSÃO é “aprimorar desempenho”.

O “manter os talentos” no SERPRO que a direção colocou em seu comunicado é uma FALÁCIA, usado apenas para criar a ilusão de que alguns trabalhadores poderão permanecer na empresa. Foi usado para NOS DIVIDIR e tentar fazer com que não nos organizemos e deixemos de lutar e de resistir.

Por isso, colegas do SERPRO, não se iludam: a decisão do Governo Bolsonaro e da direção do SERPRO já está tomada. E é a de desmontar o SERPRO e a DATAPREV, deixando as empresas “enxutas” para poder vendê-las por um melhor preço. Tudo o que essas duas empresas acumularam de conhecimento tecnológico, desenvolvido por nós trabalhadores, será utilizado para valorizá-las na venda. Os diversos prêmios que ganhamos será usado para “dar gordura” na privatização. Qualquer pretensa melhoria que esta direção queira efetivar, podem ter certeza que será com vistas para tornar tudo mais chamativo para a PRIVATIZAÇÃO!

Sabemos que todos estão preocupados e receosos com esta situação, mas não nos iludamos, o projeto deste governo é  privatizar as empresas. A entrada do SERPRO e da DATAPREV na lista das privatizações não é somente uma ameaça. O presidente do SERPRO e a presidente da DATAPREV foram escolhidos a dedo pelo privatista Paulo Guedes para cumprir a tarefa de vender as empresas. SERPRO e DATAPREV são rentáveis e detêm um conhecimento tecnológico que o setor privado está louco para colocar as mãos. Não duvidemos, inclusive, que alguns dos que estão nas empresas hoje para viabilizar a privatização do SERPRO e da DATAPREV estejam por trás de grandes grupos da TI privada que querem botar a mão na TI pública.

Portanto, a mobilização é a nossa ÚNICA SAÍDA! Precisamos enfrentar nossas inseguranças e resistir. É AGORA ou, depois, talvez não adiantará mais!

 

 

Presidentes do SERPRO e da DATAPREV desistiram de participar da audiência pública que estava marcada para a 5ª feira

Estava tudo confirmado, até o momento em que o Sr.  Caio Mario Paes de Andrade e a Sra. Christiane Almeida Edington tomaram conhecimento de que o monólogo que estavam preparando, para apresentar as maravilhas da privatização, ia ter contraponto das representações dos trabalhadores no sentido de denunciar o significado catastrófico para o país com a venda das duas empresas.

Mas não desistimos, vamos solicitar que seja marcada nova data para discutir, na Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara Federal a importância das nossas empresas para a soberania tecnológica do país.

Esperamos que não se comportem como fez o presidente Jair Bolsonaro quando era candidato, que se negou a participar dos debates

 

EM DEFESA DA SOBERANIA E DO DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO BRASILEIRO! EM DEFESA DA SEGURANÇA DOS DADOS DA POPULAÇÃO!

À LUTA CONTRA A PRIVATIZAÇÃO DO SERPRO E DA DATAPREV!

 

 

Sindppd/RS  

 

sindppd

Ver todos os artigos de sindppd

Similar articles

A seção de comentários no site do Sindppd/RS quer incentivar o debate entre os trabalhadores de TI e o sindicato. Também é um canal de denúncias e informações. Portanto, NÃO SERÃO publicados comentários pornográficos, ofensivos a pessoas ou entidades e nem discriminatórios (racistas, homofóbicos, de gênero ou de classe); que contenham publicidade ou palavras de baixo calão; e nem comentários que façam afirmações caluniosas ou difamatórias, sem terem provas sobre o que está sendo dito. SOMENTE serão publicados comentários com endereços de emails válidos, os quais não serão divulgados.

Faça um comentário

Seu email não será publicado. *

Visite-nos

Rua Washington Luiz, 186 - Bairro Centro - Porto Alegre - RS - CEP 90010-460

Telefones do Sindppd/RS:
Geral - (0xx51) 3213-6100
Secretaria - (0xx51) 3213-6121/ 3213-6122
Tesouraria - (0xx51) 3213-6117

E-mail: secretariageral@sindppd-rs.org.br