180606procempa_DESTAQUE

Lugar de trabalhador da PROCEMPA é na rua, lutando por seus direitos!

0 83
image_pdfimage_print

 

Mais de 100 trabalhadores da PROCEMPA participaram das paralisações de 2h em frente à empresa. Setores inteiros aderiram ao movimento, que prossegue na SEXTA-FEIRA (8/06) de manhã (a partir das 9h30min) e à tarde (inicia às 14h30min). À luta!

 

As mobilizações que vêm acontecendo desde o final de Maio contam com uma boa participação dos colegas, mas cresceu nesta quarta-feira (6/06), provavelmente devido à resposta VERGONHOSA da direção da empresa e da prefeitura de Porto Alegre (CLIQUE AQUI para acessar). A direção da PROCEMPA, lançando mão das alterações trazidas pela Reforma Trabalhista, quer rasgar nosso ACT (Acordo Coletivo) retirando direitos ou reduzindo-os ao patamar mínimo garantido pela CLT (leis trabalhistas).

Além de tirar, não quer repor as perdas salariais e nos benefícios nesta Campanha Salarial 2018/2019 e tampouco se pronunciou sobre os valores que ainda está nos devendo desde o ano passado. E prossegue com o ataque ao plano de saúde, à revelia da liminar conquistada pelo Sindppd/RS que garantia a prestação do serviço de atendimento médico com qualidade.

 

 

Ideia é sucatear PROCEMPA para entregar à iniciativa privada

A pior proposta apresentada pela direção da PROCEMPA numa campanha salarial dos últimos 30 anos não é uma simples coincidência. Está, sim, relacionada à política da gestão Marchezan e de outros governos estaduais e federal de reduzir e sucatear o Estado e as empresas públicas para entregar os serviços à iniciativa privada. E infelizmente, o que move esses governos não é o benefício à população, mas sim a “amigos” empresários e correligionários da área de TI. Nem mesmo trará benefícios aos trabalhadores dessas empresas, que estão numa dura campanha salarial desde Novembro de 2017 – pois o SEPRORGS, que é a entidade que representa as empresas do Setor Privado, quer retirar vários direitos da CCT (Convenção Coletiva) em troca de reajustar salários e benefícios pela mixaria do INPC (1,83%).
 

Os serviços prestados pela PROCEMPA atualmente, mesmo com funcionários que “ganham muito bem”, como gosta de divulgar a prefeitura de Porto Alegre, custam a METADE dos valores cobrados por empresas de TI do Setor Privado. A PROCEMPA só não amplia os seus serviços, que são de qualidade, porque não há investimento na empresa por parte do poder público, que prefere terceirizar, mesmo sendo mais cara e, muitas vezes, via contratos temporários e sem garantia da manutenção do serviço. O fato de a PROCEMPA estar sem um diretor técnico há mais de ano é reflexo desse sucateamento.

Pela 1ª vez em toda a história da empresa, o Conselho de Administração conta com dois integrantes ligados aos empresários da TI.

E o presidente da companhia, em reuniões,  volta e meia relaciona problemas das mais variadas nuances como responsabilidade também da PROCEMPA – o que reforça o coro do prefeito Marchezan Jr., que não esconde a vontade de privatizar a empresa.

 

 

PROCEMPA não é o problema, mas sim a solução. À luta colegas, por nossos empregos e pela empresa pública de TI de Porto Alegre

Os mais interessados na manutenção da PROCEMPA enquanto empresa pública de TI somos nós, trabalhadores. As gestões passam pela prefeitura, mas somos nós que permanecemos na empresa, onde investimos nosso suor e nosso conhecimento para prestar os serviços de TI à população de Porto Alegre (RS). E só não fazemos mais porque as direções da PROCEMPA e a prefeitura não permitem e nem fazem investimento.

Somos nós que tocamos essa empresa para frente. E a existência dela e de seus serviços depende da gente. Por isso, colegas, a hora de lutar é AGORA! Venham pra rua, participem das paralisações!

Nossos colegas municipários também estão numa peleia, enfrentando os duros ataques da gestão Marchezan Jr. contra os seus direitos. Estamos no mesmo barco e precisamos nos unir. Quanto mais formos, mais fortes seremos na luta!

 

Venha na paralisação nesta 6ª feira (8/06)!

 

Veja como foi nossa mobilização desta 4ª feira:

180606procempa_1180606procempa_2

180606procempa_3180606procempa_4

180606procempa_5180606procempa_6

180606procempa_7180606procempa_8

180606procempa_9180606procempa_10

 
PARALISAÇÃO DE 2h DOS TRABALHADORES DA PROCEMPA
Nesta 6ª feira (8/06) – De MANHÃ (das 9h30min às 11h30min) e à TARDE (das 14h30min às 16h30min)
Em frente à empresa

 

 

Sindppd/RS

 

sindppd

Ver todos os artigos de sindppd

Similar articles

A seção de comentários no site do Sindppd/RS quer incentivar o debate entre os trabalhadores de TI e o sindicato. Também é um canal de denúncias e informações. Portanto, NÃO SERÃO publicados comentários pornográficos, ofensivos a pessoas ou entidades e nem discriminatórios (racistas, homofóbicos, de gênero ou de classe); que contenham publicidade ou palavras de baixo calão; e nem comentários que façam afirmações caluniosas ou difamatórias, sem terem provas sobre o que está sendo dito. SOMENTE serão publicados comentários com endereços de emails válidos, os quais não serão divulgados.

Faça um comentário

Seu email não será publicado. *

Visite-nos

Rua Washington Luiz, 186 - Bairro Centro - Porto Alegre - RS - CEP 90010-460

Telefones do Sindppd/RS:
Geral - (0xx51) 3213-6100
Secretaria - (0xx51) 3213-6121/ 3213-6122
Tesouraria - (0xx51) 3213-6117

E-mail: secretariageral@sindppd-rs.org.br