Ato em frente à sede da empresa reafirma a decisão dos trabalhadores: PROCEMPA fica na sua sede!

0 248
image_pdfimage_print

 

220719atoprocempa_destaque

 

Trabalhadores e trabalhadoras da PROCEMPA e vereadores participaram de um importante e combativo ato em defesa da empresa pública de TI de Porto Alegre na tarde dessa 3ª feira (19/07). O protesto foi realizado em frente à sede da PROCEMPA, na Avenida Ipiranga, 1.200. Após as falas dos presentes, o ato foi encerrado com um “abraço” na empresa.

Em suas manifestações, os vereadores Matheus Gomes e Karen Santos, do PSOL, e Leonel Radde e Jonas Reis, do PT, desmontaram o argumento de que a Secretaria de Segurança precisa ocupar o atual prédio da PROCEMPA. “Eu, como servidor público da segurança, posso afirmar que não há necessidade alguma da guarda municipal ser deslocada para este prédio sob esse argumento, que é uma das formas que eles utilizam para tentar sensibilizar e convencer a população”, disse o vereador Radde, que é policial civil.

“Os trabalhadores da segurança pública têm um bom prédio em frente ao Estádio Beira Rio, não é essa a demanda central desses trabalhadores. O prefeito Melo inclusive massacrou os servidores com a Reforma da Previdência, a guarda municipal vem perdendo direitos no último período e está sendo exposta a um tipo de serviço que não é prerrogativa dela”, ressaltou também o vereador Matheus Gomes.

A suposta necessidade de a sede da PROCEMPA ser cedida para a Segurança tem se mostrado uma falácia. E os motivos estão claros. A Tecnologia da Informação deveria ser prioridade para a prefeitura; a PROCEMPA, inclusive, auxiliou em demandas de Segurança, desenvolvendo o sistema do cercamento eletrônico. Além disso, o prédio da PROCEMPA foi todo reformado justamente para ser ocupado por uma empresa de TI. Somente em sua sede a empresa pode permanecer inteira, sem ser fraturada ao meio como quer o Governo Melo.

A retirada da PROCEMPA de sua sede poderá ter impactos desastrosos para a empresa e para os seus trabalhadores. A direção da empresa não realizou nenhum estudo técnico e nem debateu com os trabalhadores e suas representações. É mais uma medida arbitrária que, como denunciaram os vereadores, tem sido a forma da prefeitura se relacionar com os trabalhadores do município para implementar medidas que sabe que encontrará resistência. Na situação atual da PROCEMPA, transferir parte da empresa para outro prédio é mais um passo da gestão Melo, com o aval da direção da PROCEMPA, para fragilizar a empresa, tirando sua identidade e colocando em risco a sua função.

“Aqui o problema não é o mau uso dos prédios públicos, a questão aqui é outra, é enfraquecer a PROCEMPA, passar seus principais contratos para a iniciativa privada para abrir o caminho para a privatização e o desmonte total desta empresa”, denunciou Matheus. Um projeto da atual gestão da prefeitura de Porto Alegre que não se restringe à TI, mas atinge vários outros setores, entre eles a Saúde, com a terceirização do atendimento nas unidades de saúde, e a tentativa de privatização da água e do saneamento com a venda do DMAE, como apontou o vereador Jonas Reis. “É isso o que está em jogo com a PROCEMPA: lucro para alguém ou vantagens para a cidadania, para o portoalegrense”, disse.

Cristiano Ribeiro, trabalhador da PROCEMPA e diretor do sindicato, chamou os colegas para a luta em defesa da empresa. “Não há necessidade de sairmos deste lugar, a casa dos trabalhadores da PROCEMPA. Peço que continuemos firmes nessa luta porque é só o início. Nós temos que nos manter fortes, unidos, para que possamos suportar e vencer todos esses desafios”, defendeu.

Seguimos fortes pela PROCEMPA Pública!

PROCEMPA fica na sua sede!

 
Abaixo, fotos do ato tiradas pelo colega Carlos Osório:

220719atoprocempa_jonasreis220719atoprocempa_karen_santos220719atoprocempa_leonel_radde220719atoprocempa_matheus_gomes
Participação dos vereadores, iniciando pela esquerda: Jonas Reis, Karen Santos, Leonel Radde e Matheus Gomes

220719atoprocempa_5220719atoprocempa_6220719atoprocempa_7

220719atoprocempa_8

 

 

Sindppd/RS

 

 

sindppd

Ver todos os artigos de sindppd

Similar articles

A seção de comentários no site do Sindppd/RS quer incentivar o debate entre os trabalhadores de TI e o sindicato. Também é um canal de denúncias e informações. Portanto, NÃO SERÃO publicados comentários pornográficos, ofensivos a pessoas ou entidades e nem discriminatórios (racistas, homofóbicos, de gênero ou de classe); que contenham publicidade ou palavras de baixo calão; e nem comentários que façam afirmações caluniosas ou difamatórias, sem terem provas sobre o que está sendo dito. SOMENTE serão publicados comentários com endereços de emails válidos, os quais não serão divulgados.

Faça um comentário

Seu email não será publicado. *

Visite-nos

Rua Washington Luiz, 186 - Bairro Centro - Porto Alegre - RS - CEP 90010-460

Telefones do Sindppd/RS:
Geral - (0xx51) 3213-6100
Secretaria - (0xx51) 3213-6121/ 3213-6122
Tesouraria - (0xx51) 3213-6117

E-mail: secretariageral@sindppd-rs.org.br