200122assembleia_serpro_pitta_DESTAQUE

Assembleia dos trabalhadores do Serpro na Regional Porto Alegre. Não à privatização!

0 221
image_pdfimage_print

 

Nessa 4ª feira (22/01), aconteceu assembleia na Regional Porto Alegre para repasse de informações sobre os últimos acontecimentos, em nível nacional, em relação aos estudos que estão sendo debatidos na direção do SERPRO. Estes estudos foram reafirmados na reunião realizada com as representações sindicais e a direção da empresa no dia 10 de Janeiro.

Está nítida a decisão de fechamentos de 16 escritórios, possibilidade de fechamento de algumas regionais, venda de prédios (como o caso do prédio do Andaraí, que custou muitos milhões em reformas na gestão do presidente do SERPRO Marcos Mazoni). Além disso, o risco de perda de alguns serviços da Receita Federal devido o corte de verba com TI em 38% e várias outras medidas que colocam em risco a existência da nossa empresa como a conhecemos hoje.

Vale acrescentar que o processo de privatização está sendo encaminhado de forma galopante e que as medidas em estudo serão tomadas antes da privatização, talvez antes mesmo do feriado de Carnaval!

 

Após vários esclarecimentos e debates, os trabalhadores presentes na assembleia votaram os seguintes encaminhamentos:

# Reforçar a Coordenação Nacional, que está encaminhando as ações contra o desmonte e a privatização do SERPRO;

# Dar continuidade às conversas com os deputados federais, para que compreendam a importância da existência do SERPRO e da DATAPREV e defendam a não privatização;

# Criar um fundo para reforçar a comunicação com a população, com campanha de mídia mais institucional – regionalmente e, se possível, também nacionalmente;

# Redigir uma carta dos trabalhadores da Regional para entregar ao diretor do SERPRO, sr. Antonino, pois segundo informações ele está em vias de visitar a Regional Porto Alegre;

# Reforçar a importância da atuação do grupo jurídico nacional, no sentido de explorar as medidas legais a serem tomadas contra o desmonte e a privatização;

# Urgência em reforçar o trabalho no Congresso Nacional quando encerrar o recesso, em início de Fevereiro;

# Reforçar o diálogo, com todos os trabalhadores, no sentido de que todos se engajem na defesa da nossa empresa e da regional Porto Alegre;

# Encaminhar medidas legais contra as acusações proferidas pelo sr. Salim Mattar, que em entrevista na Rádio Gaúcha acusou os trabalhadores da DATAPREV e do SERPRO de venderem os dados públicos sem nenhuma prova. Uma mentira do tamanho da prepotência dos governantes deste país, que estão destruindo empresas.

 


Deliberação de assembleias de outras regionais

Nas regionais de Brasília, Rio de Janeiro e Bahia foi aprovado o estado de greve como uma medida simbólica para demonstrar a disposição de luta contra o desmonte da empresa, risco de demissões e o caminho da privatização. No RJ, também foi aprovada uma hora de paralisação no dia 27 de Janeiro contra a transferência dos trabalhadores para o Horto, prédio que não é do SERPRO, não comporta todos os trabalhadores em condições satisfatórias e está localizado em área de difícil acesso.

 

DATAPREV entra em GREVE em nível nacional contra as demissões e o desmonte da empresa, que preparam a PRIVATIZAÇÃO

O processo de fechamento de escritórios com a demissão de 493 trabalhadores, o risco iminente de fechamento de algumas regionais que trabalham diretamente com desenvolvimento de sistema e uma série de outras medidas de desmonte da empresa em preparação à privatização fez com que os trabalhadores deliberassem, em nível nacional, ENTRAR EM GREVE em todo o país. Já são 20 escritórios em greve. Nessa 5ª feira (23/01), ocorreu uma paralisação por 24 horas nas regionais de desenvolvimento do Ceará e Paraíba.

A partir da 3ª feira que vem (28/01), inicia a GREVE dos estados que têm Centro de Dados, RJ e Brasília, além das UDEs (unidades de desenvolvimento) da Paraíba e do Ceará.

Mais do que nunca, precisamos entender o grave momento que estamos atravessando e o risco que está colocado para a TI pública brasileira. Depois dos fatos consumados, não haverá como lutar. A nossas ações precisam começar agora!

 

 

Fotos da assembleia da Regional do SERPRO em Porto Alegre (crédito: Lucas Pitta):

DSC_0801DSC_0764

DSC_0751

 

 

 

Sindppd/RS

sindppd

Ver todos os artigos de sindppd

Similar articles

A seção de comentários no site do Sindppd/RS quer incentivar o debate entre os trabalhadores de TI e o sindicato. Também é um canal de denúncias e informações. Portanto, NÃO SERÃO publicados comentários pornográficos, ofensivos a pessoas ou entidades e nem discriminatórios (racistas, homofóbicos, de gênero ou de classe); que contenham publicidade ou palavras de baixo calão; e nem comentários que façam afirmações caluniosas ou difamatórias, sem terem provas sobre o que está sendo dito. SOMENTE serão publicados comentários com endereços de emails válidos, os quais não serão divulgados.

Faça um comentário

Seu email não será publicado. *

Visite-nos

Rua Washington Luiz, 186 - Bairro Centro - Porto Alegre - RS - CEP 90010-460

Telefones do Sindppd/RS:
Geral - (0xx51) 3213-6100
Secretaria - (0xx51) 3213-6121/ 3213-6122
Tesouraria - (0xx51) 3213-6117

E-mail: secretariageral@sindppd-rs.org.br