WhatsApp Image 2022-01-07 at 10.22.02

Aprovada criação de cargo de analista de TI efetivo na prefeitura. Governo Melo avança com projeto de desmonte da PROCEMPA

0 239
image_pdfimage_print

 

Após duas semanas da aprovação do PLE 042/2021 (que permite a contratação, em caráter emergencial, de 10 analistas de TIC pela prefeitura), a Câmara de Vereadores votou, nessa 3ª feira (4/01), o PLE 048/21, autorizando a criação do cargo de analista de TIC e a realização de concurso público para selecionar 5 profissionais para este fim. O projeto de lei, enviado à Casa pelo prefeito Sebastião Melo em Novembro passado, foi aprovado por 21 votos favoráveis e 13 contrários.

Durante a votação, o vereador Matheus Gomes (PSOL) apresentou uma emenda determinando que a contratação desses analistas deveria ser intermediada pela PROCEMPA, e os vinculando à empresa pública. No entanto, a proposta de emenda foi rejeitada pela bancada governista, que é maioria na Câmara de Vereadores.

O PLE 048/2021 extrapola o caráter emergencial e provisório das contratações por até 2 anos previstas no PLE 042/2021; cria o cargo EFETIVO de analista de TIC para atender a demandas e prestar serviços que, até então, eram providos via PROCEMPA.

O papel desses analistas efetivos, conforme justificativa do projeto assinado pelo prefeito Sebastião Melo, é o de viabilizar, com autonomia, independência e de forma mais rápida, a contratação de produtos e serviços de TI  de empresas do setor privado (CLIQUE AQUI para acessar o PLE 048/2021 e sua justificativa). Desta forma, o Governo Melo segue concretizando o plano de escantear a PROCEMPA das decisões e da política de TIC de Porto Alegre para beneficiar o empresariado do setor e os poucos que ganham diretamente com isso, que não é a maioria da população.

Atualmente, a empresa tem um déficit de mais de 70 trabalhadores só na área de desenvolvimento de sistemas. O prefeito diz que a PROCEMPA é muito cara, mas tem dinheiro para contratar 5 analistas de TI que irão repassar, à iniciativa privada, funções e atividades da empresa pública de TI de Porto Alegre – inclusive, parte desses serviços não vêm sendo cumprida pela PROCEMPA por falta de funcionários.

O projeto do Governo Melo de desmonte e redução da PROCEMPA avança. Busca esvaziar a PROCEMPA de serviços e produtos de TI, de investimento, de pessoas e, especialmente, da importância e do pioneirismo que a empresa teve e ainda tem na vida dos porto-alegrenses. A direção da PROCEMPA assiste inerte a tudo isso e ainda, quando é chamada a opinar, apoia o projeto de destruição do prefeito. Para dentro da empresa o discurso é de inovação e fortalecimento, mas na prefeitura o rumo dado é outro. Estão todos, prefeitura e direção da PROCEMPA, de braços dados com o empresariado privado sedento de lucros e com serviços menos eficientes, com custos mais altos e com altos riscos de vazamento de dados.

Fica para nós, TRABALHADORES,  a defesa da PROCEMPA como empresa pública de TI de Porto Alegre e a luta por concurso público para preencher cargos técnicos da empresa. Vamos seguir firmes e organizados!

Sindppd/RS

 

sindppd

Ver todos os artigos de sindppd

Similar articles

A seção de comentários no site do Sindppd/RS quer incentivar o debate entre os trabalhadores de TI e o sindicato. Também é um canal de denúncias e informações. Portanto, NÃO SERÃO publicados comentários pornográficos, ofensivos a pessoas ou entidades e nem discriminatórios (racistas, homofóbicos, de gênero ou de classe); que contenham publicidade ou palavras de baixo calão; e nem comentários que façam afirmações caluniosas ou difamatórias, sem terem provas sobre o que está sendo dito. SOMENTE serão publicados comentários com endereços de emails válidos, os quais não serão divulgados.

Faça um comentário

Seu email não será publicado. *

Visite-nos

Rua Washington Luiz, 186 - Bairro Centro - Porto Alegre - RS - CEP 90010-460

Telefones do Sindppd/RS:
Geral - (0xx51) 3213-6100
Secretaria - (0xx51) 3213-6121/ 3213-6122
Tesouraria - (0xx51) 3213-6117

E-mail: secretariageral@sindppd-rs.org.br